RADAR/LANCE!
07/04/2016
13:45
São Paulo (SP)

O Palmeiras ficou no empate em 3 a 3 com o Rosario Central, nesta quarta-feira, e ficou em situação delicada no Grupo 2 da Libertadores. Na última rodada, o Verdão, que tem apenas cinco pontos na terceira posição, vai precisar vencer o River Plate-URU, torcer por uma vitória do Nacional sobre o Rosario Central e descontar três gols de saldo. Confira outras classificações heroicas que podem servir de inspiração para o Palmeiras:

Último classificado em 2015, River acabou campeão

Tudo deu certo para o River Plate nas rodadas finais de seu grupo e, com apenas 7 pontos e uma única vitória, na última rodada, conseguiu avançar como o pior entre os 16. Time argentino bateu o San José na última rodada e contou com o triunfo de virada do Tigres sobre o Juan Aurich, por 5 a 0. Depois, acabou campeão.

Milagre do Papa Francisco


Outro campeão recente sofreu para passar de fase na Libertadores: foi o San Lorenzo, em 2014. A equipe foi para a última rodada contra o Botafogo precisando tirar saldo e torcer por resultado favorável no outro jogo, entre Independiente Del Valle (ECU) e Unión Espanhola (CHI). Os chilenos perderam de 5 a 4,  o que obrigava os argentinos a bater os brasileiros por três gols. O milagre veio, com o último tento nos minutos finais: 3 a 0. Vaga! Depois, taça!

São Paulo na Liberta em 2013


O Tricolor paulista chegou na última rodada da fase de grupos precisando vencer o forte Atlético-MG de Ronaldinho Gaúcho, que seria campeão daquele ano, e ainda torcer que o Arsenal de Sarandi derrotasse o The Strongest. O São Paulo bateu o Galo no Morumbi por 2 a 0 e contou com o resultado que necessitava no outro jogo da chave.

Emelec se classifica com gol aos 47 do segundo tempo


Na Libertadores de 2012, o Grupo 2 chegou na última rodada com Flamengo, Emelec e Olimpia brigando pela segunda vaga. O Rubro-Negro, jogando em casa, bateu o Lanús por 3 a 0 e ficou ligado na partida entre Olimpia e Emelec, já que precisava de uma empate lá para se classificar. A equipe equatoriano ficou à frente no placar aos 42 minutos do segundo tempo. No entanto, aos 46 os paraguaios empataram. O resultado dava a vaga para o Fla, que no Rio já comemorava a classificação. Porém, o Emelec voltou a marcar aos 47 e avançou na competição continental.

Mais um milagre do Flu

Na Libertadores de 2011, o Fluminense contrariou mais uma vez os matemáticos. Entrou na última rodada na lanterna, precisando vencer o Argentinos Juniors em Buenos Aires e ainda torcer para o Nacional não vencer o América do México em casa, tendo que ainda superar o saldo de gols dos uruguaios. Este último jogo terminou 0 a 0 e o Flu venceu o time argentino por 4 a 2, avançando para o mata-mata.

Cleiton Xavier salva o Verdão em 2009

O Palmeiras pode se inspirar em sua próxima campanha da Libertadores em 2009. A situação também era dramática. O time chegou na última rodada em terceiro no grupo, com os mesmos sete pontos do Colo Colo, que levavam vantagem nos critérios de desempate. E o duelo decisivo foi justamente contra o time chileno, fora de casa. Com um a menos, o Verdão ganhou com gol de Cleiton Xavier aos 42 do segundo tempo, garantindo a vaga da equipe na próxima fase.

Cruzeiro se classifica de forma dramática e leva o título

Em 1997, o Cruzeiro perdeu os três primeiros jogos da fase de grupos. No returno da fase de classificação, a arrancada começou com a vitória sobre o Grêmio, em Porto Alegre, por 1 a 0. Depois ganhou seus dois jogos no Mineirão: Alianza e Sporting Cristal. Ainda contando com outros resultados na chace, a Raposa avançou em segundo no grupo e acabou sendo o campeão daquele ano.