Palmeiras

Palmeiras venceu com facilidade o Guarani, nesta quarta-feira, em Atibaia, em jogo-treino (Foto: Ana Canhedo)

Ana Canhedo
11/05/2016
17:13
Atibaia (SP)

O Palmeiras goleou o Guarani, nesta quarta-feira, em Atibaia, sem maiores dificuldades. Com os titulares do técnico Cuca em campo, a equipe já abria larga vantagem. Gabriel Jesus deu três assistências e Lucas Barrios marcou dois gols. No fim, o Verdão levou a melhor por 6 a 2. Este será o único teste da equipe alviverde antes da estreia no Campeonato Brasileiro, sábado, às 16h, contra o Atlético-PR, no Allianz Parque. 

A grande surpresa do jogo-treino foi a presença do recém-chegado Tchê Tchê entre os titulares do Verdão. O garoto começou a atividade como volante, mas foi descolado à lateral-direita em troca com Jean. No primeiro tempo da atividade, Cuca mostrou ter um time titular definido na cabeça para sábado. Não houve alterações. Na etapa final, muitas variações táticas. 

O Palmeiras começou num 4-2-3-1, com Fernando Prass no gol. Na linha, Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Matheus Sales e Tchê Tchê; Gabriel Jesus, Cleiton  Xavier e Róger Guedes; Lucas Barrios. Destaque para a ótima movimentação de Cleiton e as três assistências dadas por Jesus para Sales, Jean e Barrios na sequências. O centroavante aumentou a contagem em cobrança de pênalti, após falta sofrida por Vitor Hugo. 

As tradicionais variações táticas de Cuca tomaram forma na etapa final. O time começou no 4-4-2 e terminou no 4-1-4-1, com dupla de zagueiros sempre improvisada, devido às ausências de Edu Dracena, Leandro Almeida e Roger Carvalho, todos em tratamento de lesão em São Paulo. O placar, que estava 4 a 1 até o fim do primeiro tempo, foi ampliado. 

O Verdão voltou à etapa final completamente modificado. Com Vagner; João Pedro, Thiago Santos, Fabiano e Zé Roberto; Arouca, Gabriel, Moisés e Fabrício; Rafael Marques e Alecsandro. Em uma saída de bola errada de Fabiano, Pedro Hulk aproveitou e escapou da marcação para marcar o segundo do Guarani. 

Na sequência, Rafael Marques emendou um chute da meia-lua e o goleiro aceitou: 5 a 2. O sexto gol palmeirense só viria com outro time completamente modificado taticamente em campo, jogando no 4-1-4-1. Zé e Fabrício se revezaram bastante na lateral e no meio-campo. 

Jaílson; Fabiano, Thiago Santos, Gabriel e Fabrício; Moisés; Luan, Rafael Marques, Alecsandro e Erik; Cristaldo. Assim, Gabriel deixou o meio para atuar como zagueiro, com Fabiano voltando à lateral e Moisés recuando bastante, na proteção à defesa. Versatilidade. Exatamente o que busca Cuca. 

No campo ao lado, os reservas fizeram coletivo em campo reduzido e Dudu e Allione deram sequência aos trabalhos de transição. No banco de reservas, o zagueiro Mina, que assinou contrato nesta quarta-feira, assistiu ao jogo e conversou bastante com Lucas Barrios e Cristaldo.