Thiago Ferri
07/09/2017
08:00
São Paulo (SP)

A janela de transferências para a Turquia fecha nesta sexta, e a expectativa é de que apesar do interesse do Fenerbahce, Dudu não deixe o Palmeiras agora. O clube europeu demonstrou interesse no atacante, mas esbarra em dois problemas: a oferta baixa e a falta do interesse do Verdão em negociá-lo.

Os turcos mostraram-se dispostos na última semana a pagar 9 de milhões de euros (R$ 33 milhões) pelo camisa 7 e não animaram o Palmeiras. Havia a possibilidade de o Fenerbahce realizar outra tentativa, mas até o momento não chegou nada novo. Como resta apenas mais um dia para o encerramento do mercado no país, é improvável que o atacante vá embora.


Ele, inclusive, está disputando uma vaga no time titular para o jogo de sábado, contra o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. Recuperado de uma lesão que sofreu na coxa esquerda dia 9 de agosto, contra o Barcelona (ECU), o capitão tem começado os treinos táticos como reserva, mas no decorrer entra na vaga de Deyverson. O prazo de recuperação era de um mês, completos justamente do dia do encontro com o Galo.

Esta não é a primeira vez que Dudu entra na mira de um clube turco. Em julho, o Besiktas cogitou pagar entre 10 milhões de euros e 12 milhões de euros (entre R$ 36 e 45 milhões), e na ocasião o Palmeiras também brecou a investida logo no início. No meio do ano passado, o camisa 7 balançou com uma oferta da China, também recusada.

Mesmo tendo apenas o Campeonato Brasileiro para disputar, a diretoria do Palmeiras foi enfática de que não queria liberar ninguém neste meio de ano. Borja foi outro jogador cobiçado pelo qual o clube não quis ouvir propostas.

O Palmeiras é dono de 100% dos direitos econômicos de Dudu, que em fevereiro renovou seu contrato até o fim de 2020. O clube pagou 3 milhões de euros quando o contratou, no início de 2015, e mais 3 milhões de euros neste ano, com dinheiro da Crefisa. Quando ele for vendido, a patrocinadora receberá R$ 10 milhões e o restante ficará com o Verdão.

Com 146 partidas pelo Palmeiras e 35 gols, Dudu foi decisivo nas conquistas da Copa do Brasil (2015) e do Campeonato Brasileiro (2016). Caso balance as redes pelo menos mais duas vezes, o atacante entrará no top-5 de artilheiros do século do clube, junto de Alex Mineiro, que tem 37. Vágner Love (54 gols), Valdivia (41), Kleber (40) e Diego Souza (38) são os líderes deste ranking.