LANCE!
28/03/2017
15:32
São Paulo (SP)

Mesmo com o primeiro lugar da classificação geral assegurado até o fim da fase de grupos, o Palmeiras vê importância no jogo desta quarta-feira, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. A última partida antes do início do mata-mata é a chance, segundo Willian, de o Verdão abrir distância, pensando em garantir vantagem no mando de campo para a semi, caso o Verdão avance.

- A seriedade, o peso é grande. Mesmo já classificados, com a liderança, temos o objetivo de ampliar a vantagem que pode nos ajudar muito na sequência da competição. O Eduardo vai decidir a equipe agora, mas vamos com força máxima e quem jogar vai dar tudo. Vamos com seriedade a Campinas para vencer - resumiu o camisa 29.

Pelo regulamento do Estadual, o time com melhor campanha faz o segundo jogo do mata-mata em casa. O Verdão já tem assegurado este direito para as quartas, contra o Novorizontino. Para o atacante, é melhor fazer a última partida diante de sua torcida.

- Eu sempre gostei de definir em casa (no mata-mata). Mas não adianta nada se não for ligado, concentrado, não se impôr na primeira partida com respeito. Vamos primeiro voltar o foco contra a Ponte e depois pensar na equipe que vamos enfrentar. Temos de fazer um bom jogo para aproveitar e a vantagem ser importante para a segunda partida - completou.

Eduardo Baptista disse que usará o confronto com a Macaca como uma forma de já preparar o time antes das quartas de final. Por isso, jogará com o que tem de melhor, exceto por Tchê Tchê e Thiago Santos, suspensos, Jean, machucado, além de Mina, Borja e Guerra, convocados para as Eliminatórias. Dudu, que está com a Seleção Brasileira, ainda tem chances de ser usado.

Com 25 pontos, o Verdão lidera a classificação geral com quatro pontos de vantagem para o Corinthians, com 21. O jogo contra a Ponte está marcado para as 21h45.