Thiago Ferri
21/12/2016
10:30
São Paulo (SP)

Hyoran mal chegou ao Palmeiras e já interessa a outra equipe, justamente o seu ex-clube, a Chapecoense. Em reconstrução após o acidente aéreo que vitimou 71 pessoas na Colômbia, incluindo jogadores, comissão técnica, diretores, jornalistas e tripulação, o clube catarinense teve uma primeira conversa com o Verdão sobre a possibilidade de ter novamente o meia de 23 anos, agora por empréstimo. O negócio é considerado difícil de acontecer.

Conforme publicou o site da ESPN, a Chape vê no atleta um candidato a liderar o ano de renascimento do clube. Hyoran se destacou no time de Chapecó e só não estava no avião com o grupo que viajava para a final da Sul-Americana, pois se recuperava de lesão. As tratativas entre os dois clubes, contanto, ainda é inicial.

O Palmeiras anunciou na segunda a assinatura do contrato com o jogador até o fim de 2020. A negociação já estava sacramentada há quase três meses, e neste período ele começou a programar sua vida em São Paulo (SP) e o início no atual campeão brasileiro. Por conta disso, a negociação é considerada difícil.

Ainda não houve um contato com Hyoran, mas pessoas próximas ao meia consideram que depois do choque pelo acidente ele não tem capacidade psicológica para ter de decidir se quer voltar à Chape ou jogar no Palmeiras em 2017 e é hora de "seguir a vida". O atleta foi um dos que receberam Alan Ruschel quando o jogador recebeu alta do hospital, em Chapecó.

Hyoran disputou 20 partidas no último Brasileiro pela Chape, fez dois gols e deu uma assistência. Ao fechar com o Verdão, o armador divulgou uma carta para a população de Chapecó.