Thiago Ferri
18/10/2017
13:03
São Paulo (SP)

O Besiktas (TUR) enviou neste mês de outubro parte de sua diretoria ao Brasil para negociar com o Palmeiras a compra de Dudu. O clube europeu, que já havia feito uma sondagem ao Verdão em julho, desta vez sinalizou com uma oferta de cerca de 9 milhões de euros (R$ 33,4 milhões), mas não fez o atual campeão brasileiro se animar em vender seu capitão e um dos principais jogadores do elenco.

O encontro aconteceu há cerca de dez dias, e apesar da insistência dos turcos, as conversas não avançam pela diferença financeira. Os dirigentes do Besiktas estão dispostos até a subir a proposta para 10 milhões de euros (R$ 37,3 milhões) e levar o camisa 7 apenas em maio de 2018, mas a quantia também é bem abaixo daquilo que o Verdão deseja pelo atacante.

Dudu custou 6 milhões de euros ao Palmeiras - o clube comprou a segunda metade de seus direitos econômicos no início do ano, com aporte da Crefisa. Embora dono de 100% do atacante, o Verdão terá de devolver à patrocinadora os R$ 10 milhões que gastou na operação. O restante fica no clube.

Outro time turco fez na última janela uma investida por Dudu, o Fenerbahce, que também mostrava-se disposto a investir 9 milhões de euros. O presidente Maurício Galiotte então informou que nenhum jogador sairia do clube até o fim deste ano.

Dudu tem a carreira gerida pela OTB e possui contrato com o Palmeiras até o fim de 2020 - em fevereiro houve uma renovação, com aumento salarial e da multa rescisória. Com 152 jogos pelo clube, o capitão tem dois títulos pelo Verdão: a Copa do Brasil, de 2015, e o Campeonato Brasileiro de 2016.

Ao LANCE!, no fim de setembro, Dudu disse que para tornar-se de fato um ídolo palmeirense ainda precisa conquistar um título internacional. Mais precisamente, a Libertadores. Segundo o camisa 7, sua vontade é ficar até o fim de seu contrato.

Com o gol marcado sobre o Atlético-GO, na vitória de domingo, ele ainda igualou-se como artilheiro do clube na era dos pontos corridos (desde 2003), empatado na liderança com Juninho Paulista, Marcinho e Kleber Gladiador. Alex Mineiro marcou 19, enquanto Gabriel Jesus, Henrique Dourado e Marcos Assunção somaram 16.