Rafael Bullara
10/04/2016
19:14
Mogi Mirim (SP)

No triunfo que deu ao Palmeiras uma vaga nas semifinais do Paulistão, os gols foram marcados por homens vocacionados para o gol: Alecsandro e Barrios. Assim, receberam as notas mais altas da partida. O paraguaio foi decisivo pela segunda partida consecutiva - tinha feito o de empate com o Rosario, na quarta passada. Confira o desempenho dos participantes do confronto: 

MOGI MIRIM

6,5
Mauro

Sem culpa nos gols, fez três defesas difíceis durante a partida.

5,0
Alex Reinaldo

Primeiro gol saiu pelo seu setor. Teve problema com Allione.

5,0
Bruno Costa

Teve dificuldade para conter Alecsandro e depois Barrios.

5,0
Saimon

Outro que se atrapalhou com a marcação dos atacantes rivais.

5,0
Motta

Sofreu com as investidas pelo seu setor, assim como os outros defensores.

4,5
Renato Santos

Sumido até ser substituído no segundo tempo

4,5
Josa 

Também saiu sem produzir.

4,5
Gabriel Dias

Perdeu gol incrível um minuto antes de Barrios fazer do outro lado.

6,5
Lulinha

Gol de pênalti e responsável pelas principais jogadas do Mogi na partida.

5,5
Roni

Chegou a incomodar nas jogadas em que impôs velocidade. Sofreu pênalti.

5,0
Keké

Perdeu boa chance no primeiro tempo. Apenas isso até ser substituído.

5,5
Matheus Ortigoza

Entrou com disposição, mas exagerou na vontade e atrapalhou ao ficar impedido várias vezes.

5,0
Ruster

Entrou e foi discreto.

5,0
Emerson Santos

Outro a passar despercebido depois de entrar no jogo.

5,0
Flávio Araújo

Fez o que pôde para se manter na elite e não conseguiu. Fechou a equipe e explorou os contra-ataques.

Mogi Mirim x Palmeiras
Victor Hugo inicia jogada ofensiva (Foto: João Moura/Lancepress!)

PALMEIRAS 

6,0
Fernando Prass

Pouco trabalhou durante a partida. Acertou o canto no pênalti cobrado por Lulinha, mas não alcançou a bola.

6,5
Jean

Torna-se a principal opção para o setor. Deu assistência para o gol de Barrios, que garantiu a vitória no interior.

6,0
Thiago Martins

Nas bolas pelo alto teve facilidade, mas no chão sofreu com a velocidade do Mogi nos contra-ataques.

6,0
Vitor Hugo

Assim como o companheiro de defesa, foi soberano no alto, porém correu atrás dos atacantes adversários.

6,0
Victor Luis

Estreou na temporada de maneira tímida na parte ofensiva. Cobrou falta na trave.

4,5
Matheus Sales

Cometeu pênalti infantil em Roni e levou amarelo logo depois que o time havia aberto o placar. Substituído no intervalo.

6,0
Gabriel

Bem na marcação, como sempre. Ainda arriscou chutes de longa distância e obrigou boa defesa de Mauro.

5,0
Robinho

Mais uma vez deixou a desejar. Procura pouco o jogo e aparece somente nas bolas paradas. Foi substituído.

6,0
Allione

Aberto na esquerda, participou da jogada do primeiro gol. Tem qualidade para participar mais da partida.

6,0
Rafael Marques

Jogou aberto pela direita, como gosta, e participou do lance do gol. Depois disso, sumiu e acabou dando lugar a Lucas Barrios.

7,0
Alecsandro

Abriu caminho para a vitória e mostrou disposição para marcar quando preciso. Já tem sete gols na temporada.

5,5
Erik

Precisa transformar a velocidade em jogadas produtivas. Sofre por tentar um drible a mais ao invés de tocar ou finalizar.

7,0
Lucas Barrios

Oportunista pelo segundo jogo consecutivo. Saiu do banco de reservas para garantir a vitória e a classificação.

6,5
Lucas

É a válvula de escape para o fim dos jogos. Novamente entrou com disposição e ajudou na defesa e no ataque.

6,5
Cuca

Mesmo com sete desfalques, armou equipe que conseguiu a vitória e a vaga. Segue o processo de recuperação.