Thiago Ferri e Alexandre Guariglia
13/04/2017
00:13
São Paulo (SP) 

Com um gol do lateral Fabiano no último instante, o Palmeiras derrotou o Peñarol por 3 a 2, no Allianz Parque, e assumiu a liderança do Grupo 5 da Libertadores. O jogador foi um dos melhores em campo, junto com Willian, Dudu e Guerra. Confira as notas:

PALMEIRAS

6,0
Fernando Prass

Fez uma boa defesa no pior momento do time e quase salvou no segundo
gol com uma bela defesa. Cada vez melhor saindo com os pés.

7,0
Fabiano

Jogo de altos e baixos, mas participou dos três gols e marcou o último, nos
acréscimos. Herói do título brasileiro, sua estrela brilhou de novo.

6,0
Mina

Desarmou com qualidade e mais uma vez chegou bem ao ataque, só que
não conseguiu marcar Gastón Rodríguez no segundo gol.

6,5
Edu Dracena

Foi bem antecipando-se para desarmar. Não subiu tanto quanto Mina, mas
também teve bom aproveitamento no início da criação de jogadas.

5,5
Zé Roberto

No ataque, foi uma boa opção em todo o jogo, trabalhando com Dudu.
Defensivamente, teve muitas dificuldades, distante em alguns lances.

5,5
Felipe Melo

Sua partida só não foi melhor porque deu um escanteio evitável que gerou
o gol do Peñarol. Evitou brigas e de novo destacou-se com a bola no pé.

7,0
Willian

Primeiro tempo ruim, levou pouco perigo. Na etapa final, fez o gol de
empate e teve chance para fazer outro, mas acertou o travessão.

7,0
Guerra

Lúcido, fez o time rodar sempre dando poucos toques na bola. Mais uma
assistência de um jogador que vive franca evolução no Palmeiras.

6,5
Tchê Tchê

Não foi tão bem marcando, mas teve presença de ataque, com pelo menos
duas boas chances para marcar. Foi um dos melhores no segundo tempo.

7,0
Dudu

Foi para cima em todas as jogadas pela ponta esquerda e não se intimidou
mesmo caçado. Fez o gol e foi expulso nos acréscimos.

5,0
Borja

O pênalti perdido mudou o jogo, que poderia estar definido naquele lance.
Ainda teve outra chance para marcar depois disso e parou no goleiro.

6,5
Michel Bastos

Entrou para jogar do lado direito, onde o Verdão tinha mais espaço, para o
meio. Mas brilhou ao bater o escanteio do gol no finzinho.

5,0
Thiago Santos

Substituiu o amarelado Felipe Melo e participou muito pouco na criação de
jogadas. Na marcação, cometeu a falta do segundo gol do Peñarol.


Keno

Substituiu Guerra e não teve nenhum lance decisivo nos dez minutos em
campo. Fica sem nota.

6,5
Eduardo Baptista

Time começou mal, mas mudou após o intervalo. A vitória poderia ter sido
mais fácil pelas chances perdidas, mas o espírito de luta até o fim decidiu.


PEÑAROL

6,5
Guruceaga
Sem culpa nos gols, chegou a fazer boas defesas no jogo.

4,5
Petryk
Faltoso, cometeu pênalti e poderia ter sido expulso no segundo tempo.

5,0
Quintana
Palmeiras usou seu lado da defesa para investir nas jogadas.

7,0
Ramón Arias
Marcou o primeiro gol do time e salvou um em cima da linha

6,0
Hernández
Fez boa marcação pela sua lateral, Verdão teve poucas chances.

5,0
Nández
Responsável pela contenção, deixou Guerra livre para jogar no meio.

5,0
Novick
Mais um que deu liberdade para o Verdão criar no meio-campo.

6,0
Pereira
Esforçado, ajudou na marcação e nas idas ao ataque.

6,5
Cristian Rodríguez
Cérebro do time, sabe os atalhos do campo para jogar.

5,0
Junior Arias
Por vezes isolado no ataque, arriscou jogadas sem sentido.

5,5
Affonso
Brigador até demais, acabou cometendo faltas no comando de ataque.

6,5
Gastón Rodríguez
Oportunista, entrou e marcou o gol do empate.

6,0
Ángel Rodríguez
Entrou para colocar mais velocidade no ataque.
-
Perg
Jogou pouco, fica sem nota.

5,5
Leonardo Ramos
Time pratica o antijogo o tempo inteiro, mas conseguiu fazer dois gols em duas investidas.