Alexandre Guariglia e William Correia
15/10/2017
19:20
São Paulo (SP)

Novidade na equipe de Alberto Valentim, Keno foi titular na vitória do Palmeiras sobre o Atlético-GO por 3 a 1 e deu três assistências para os gols de William, Moisés e Dudu. Confira as atuações da partida disputada em Goiânia:


ATUAÇÕES PALMEIRAS


6,5
Fernando Prass

Executou boas defesas quando o Atlético-GO tentou fazer pressão, nos minutos iniciais, e também bloqueou os avanços esporádicos do time.

5,0
Mayke

Pouco participou ofensivamente. Mas cometeu um pênalti completamente desnecessário e deu esperança ao rival com faltas bobas.

6,5
Edu Dracena

Mais uma boa atuação de um dos jogadores mais regulares do Palmeiras na temporada. Quando o Atlético-GO tentou pelo alto, parou nele.

6,5
Juninho

Também bloqueou bem os avanços dos adversários e tentou contribuir na saída de bola, sem arriscar tantos lançamentos.

5,5
Egídio

Cometeu erros na marcação, tanto que o Atlético-GO apostou em jogar em cima dele, e não ajudou na frente. Mas não prejudicou.

6,0
Bruno Henrique

Foi bem no primeiro tempo, ajudando o time a controlar o meio-campo e lançando quando era a melhor opção. Caiu um pouco de ritmo depois.

6,5
Tchê Tchê

Mexeu-se muito bem, dando opção no controle da partida no primeiro tempo, até definir a partida. Reencontrou seu melhor jogo.

7,0
Moisés

Participou ativamente da superioridade do time, com lançamentos precisos. E ainda fez um golaço, aproveitando passe genial de Keno.

8,5
Keno

Deu as três assistências, mostrando que não só corre, como tem técnica no passe para o gol de Moisés. Definiu o jogo completamente.

7,0
Dudu

Mexeu-se bem, trocando posição com Willian e dando trabalho aos marcadores. Toda movimentação lhe rendeu ainda o gol.

7,5
Willian

Iniciou a jogada do seu gol e confirmou-se como um dos melhores do time no ano. Parece não cansar, sem se limitar a ser a referência na frente.

5,5
Erik

Mexeu-se para manter o time no ataque, mas pouco contribuiu. Era difícil jogar à altura do que Keno apresentou.

6,5
Thiago Santos

Entrou muito bem, e não só segurando o Atlético-GO. Avançou mais do que costuma, indo além de marcar. Deu até caneta.

5,5
Borja

Trombou, disputou e tentou, inclusive participando da bola aérea defensiva. Mas pouco contribuiu efetivamente com o time.

6,5
Alberto Valentim

Armou um time com velocidade para resolver a partida rapidamente, correndo poucos perigos reais ao longo do jogo. Boa reestreia.

ATUAÇÕES ATLÉTICO-GO

5,0
Marcos

Não teve tanta culpa, mas levou três gols. Prejudicado pela defesa.

4,0
Jonathan

Mal na marcação, deixou muito espaço para o Palmeiras.

5,0
Gilvan

Posicionamento ruim nos gols marcados pelo adversário.

3,0
William Alves

Teve dificuldade na marcação e acabou sendo expulso.

3,5
Bruno Pacheco

Tomou um baile de Keno, não achou o adversário.

5,5
Ronaldo

Atuação sem grande destaque, foi substituído por um volante.

5,5
Paulinho

Tenta colocar a bola no chão, mas faltou velocidade nas saídas.

5,5
Andrigo

Deu um certo trabalho para Egídio, mas nada mais do que isso.

6,0
Jorginho

Sofreu o pênalti que originou o gol de Walter na segunda etapa.

5,0
Luiz Fernando

Quase não participou dos lances de ataque. Apagado.

6,5
Walter

É o melhor do time, o mais perigoso. Marcou gol de pênalti com estilo.

5,5
Niltinho

Não conseguiu dar maior volume ao ataque. Ficou devendo.

5,5
André Castro

Atuação burocrática, apenas focado na marcação e nada mais.

5,5
Eduardo Bauermann

Entrou para reforçar a zaga após expulsão.

5,0
João Paulo Sanches

Em momento algum incomodou o Verdão.