Thiago Ferri
31/12/2016
07:15
São Paulo (SP)

Campeão brasileiro, o Palmeiras agiu rapidamente no mercado e terminará 2016 com o planejamento adiantado. O clube anunciou a contratação de cinco jogadores, está com acordo adiantado para trazer Felipe Melo, e ainda negocia com Samuel Xavier e Willian. Dos titulares, apenas Gabriel Jesus saiu, vendido ao Manchester City (ING).

Por Alejandro Guerra (cerca de R$ 10 milhões), Hyoran (R$ 7 milhões), Raphael Veiga (R$ 4,5 milhões) e Keno (R$ 3 milhões), o Verdão desembolsou R$ 24,5 milhões. Felipe Melo negocia para rescindir com a Inter e assim o time pagaria apenas seus salários e bônus; Michel Bastos antecipou o fim de seu contrato com o São Paulo e chega da mesma forma, enquanto Samuel e Willian ainda podem ser envolvidos em trocas de jogadores pouco usados.

Conhecido pela forte atuação no mercado, Alexandre Mattos tem como meta brigar pelo título da Libertadores de 2017 e para isto não tem medido esforços na janela. Neste ano, a expectativa já era grande, mas as contratações do início de 2016 não deram resultado, Marcelo Oliveira teve problemas, e o time foi eliminado precocemente na primeira fase.

Agora, o diretor de futebol buscou diferentes perfis: revelações (Raphael Veiga, Hyoran e Keno, apesar de seus 27 anos); jogadores mais "cascudos" para o torneio continental, como Felipe Melo e Guerra, eleito o melhor da última Libertadores, além de outros mais experientes, como Michel e Willian. O clube está aumentando seu elenco por conta do calendário longo do próximo ano e diz estar fazendo tudo dentro de sua realidade financeira.

- O que estamos fazendo no momento está dentro do nosso orçamento, nada fora, nenhuma vírgula. Fazemos tudo dentro do nosso organograma financeira, o Palmeiras está procurando mudar um pouquinho seu perfil, porque temos a Libertadores. O aprendizado passa pelo ano passado, que não foi nada prazeroso - resumiu Alexandre Mattos, em entrevista à rádio Jovem Pan.

A expectativa é de que se resolvam nos próximos dias as negociações com Felipe Melo, Michel Bastos e Samuel Xavier. Eduardo Baptista tem boa chance de começar o trabalho na pré-temporada com o elenco praticamente completo. Só um novo centroavante pode ser vir depois, já que o Palmeiras ainda pensa em trazer um jogador de destaque para a vaga de Gabriel Jesus.

Miguel Borja, do Atlético Nacional (COL), e Lucas Pratto, do Atlético-MG, são os dois que agradam ao clube, mas são investimentos altos. Para contratá-los, apenas com o aporte da Crefisa, que ainda não renovou o contrato, válido até o fim de janeiro. Gustavo Scarpa, meia que tem contrato até 2019 com o Fluminense e cuja renovação, que renderia um aumento salarial, empacou, é outro atleta deste perfil.