icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/08/2015
17:42

O atacante Mouche, que jogou por 11 minutos na quarta-feira, contra o Cruzeiro, deixou o treino desta sexta-feira mais cedo. Ele sentiu a coxa esquerda durante o ensaio de finalizações e saiu do gramado imediatamente. Em sua página no Twitter, o camisa 14 disse que sofreu apenas um edema no local e em poucos dias estará novamente à disposição. Ele, porém, não joga no domingo.

A partida em Belo Horizonte foi a primeira do argentino após a cirurgia no joelho esquerdo, realizada em janeiro. Ele foi liberado para trabalhar no campo, sem limitações, apenas cinco meses após a operação, mas a comissão técnica decidiu esperar um pouco mais para colocá-lo para jogar. Ao todo, foram sete meses sem atuar.

Ele não deve ser relacionado para o jogo contra o Joinville, às 16h de domingo, no Allianz Parque, pela 21ª rodada do Brasileirão. Será o quinto jogador sob os cuidados do departamento médico: os outros são os volantes Arouca (coxa esquerda) e Gabriel (cirurgia no joelho esquerdo), o meia Cleiton Xavier (coxa direita) e o atacante Cristaldo (coxa esquerda).

O único deles que apareceu no gramado nesta sexta-feira foi Arouca, para dar piques intensos longe dos demais jogadores. Ele deve voltar na quarta-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada. Outro que tem chance de atuar nesta partida é Cristaldo, que nesta tarde ficou apenas na sala de musculação.


O atacante Mouche, que jogou por 11 minutos na quarta-feira, contra o Cruzeiro, deixou o treino desta sexta-feira mais cedo. Ele sentiu a coxa esquerda durante o ensaio de finalizações e saiu do gramado imediatamente. Em sua página no Twitter, o camisa 14 disse que sofreu apenas um edema no local e em poucos dias estará novamente à disposição. Ele, porém, não joga no domingo.

A partida em Belo Horizonte foi a primeira do argentino após a cirurgia no joelho esquerdo, realizada em janeiro. Ele foi liberado para trabalhar no campo, sem limitações, apenas cinco meses após a operação, mas a comissão técnica decidiu esperar um pouco mais para colocá-lo para jogar. Ao todo, foram sete meses sem atuar.

Ele não deve ser relacionado para o jogo contra o Joinville, às 16h de domingo, no Allianz Parque, pela 21ª rodada do Brasileirão. Será o quinto jogador sob os cuidados do departamento médico: os outros são os volantes Arouca (coxa esquerda) e Gabriel (cirurgia no joelho esquerdo), o meia Cleiton Xavier (coxa direita) e o atacante Cristaldo (coxa esquerda).

O único deles que apareceu no gramado nesta sexta-feira foi Arouca, para dar piques intensos longe dos demais jogadores. Ele deve voltar na quarta-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada. Outro que tem chance de atuar nesta partida é Cristaldo, que nesta tarde ficou apenas na sala de musculação.