Palmeiras

Moisés e Cuca durante o jogo contra o Sport, segunda-feira, na Ilha do Retiro (Foto: Cesar Greco)

LANCE!
05/07/2016
18:18
São Paulo (SP)

O Palmeiras desembarcou em Guarulhos (SP) no fim da tarde desta terça-feira após a vitória sobre o Sport, na Ilha do Retiro. Como a delegação viajou durante a tarde, ainda não foram realizados exames em Moisés e Tchê Tchê, que saíram da partida no Recife (PE) com dores. Os dois devem fazer testes nesta quarta, e o camisa 28 é aquele que mais preocupa.

Moisés sentiu a parte posterior da coxa direita quando deu um pique no meio de campo e logo pediu para sair. Na chegada a São Paulo, o jogador preferiu não falar sobre sua condição e aguarda os exames. Tchê Tchê, por sua vez, saiu de campo com dores musculares e depende dos testes para saber se há, de fato, uma lesão.

O Verdão tem a seu favor o prazo de recuperação até a próxima rodada: só joga na terça-feira que vem, contra o Santos, no Allianz Parque. Ainda assim, a chance de Moisés jogar o clássico é remota.

Nesta quarta, os jogadores receberam folga e voltam aos trabalhos apenas na quinta à tarde. Tempo para saborear a vitória fora de casa, que manteve o time na liderança do Brasileiro, a três pontos do Corinthians, o segundo colocado.

- É muito difícil conseguir pontos como visitante, todos usam sua casa como ponto forte, como nós fazemos. Por isso foi muito importante para as nossas pretensões no campeonato conquistar estes três pontos - analisou Cleiton Xavier, na chegada da delegação.

Além dos dois meio-campistas, o Palmeiras têm três desfalques certos para o clássico: Thiago Santos, Róger Guedes e Gabriel Jesus, todos suspensos. Dudu, poupado com fadiga muscular, Edu Dracena, vetado contra o Sport com dores, além de Egídio (abscesso no pé) podem voltar - especialmente os dois primeiros. Allione, Arouca e Gabriel, que já fizeram aquecimento com bola junto do elenco, também têm chances de retorno para o confronto da 14ª rodada do Brasileiro.