Luan Palmeiras

Luan tem chamado a atenção de Cuca nos treinos e deve ser utilizado (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

Fellipe Lucena
13/05/2016
08:00
Atibaia (SP)

O drama de Luan está próximo do fim. Fora de combate desde o segundo semestre de 2014 e com quatro cirurgias acumuladas no tendão de Aquiles da perna esquerda, o atacante de 27 anos tem chamado a atenção de Cuca nos treinos e está nos planos do técnico para o Campeonato Brasileiro. Ele pode até ser relacionado para a estreia, às 16h deste sábado, contra o Atlético-PR, no Allianz Parque.

– Nós estamos recuperando jogadores de força. Esse campeonato, para ganhar, você tem que ter força. Nós estamos recuperando o Luan, que é um jogador que já foi muito importante para o Palmeiras e vai ser importante de novo – disse Cuca, ao Esporte Interativo.

Luan rompeu o tendão quando estava emprestado ao Sharjah, dos Emirados Árabes, em outubro de 2014. Desde então, vinha encontrando dificuldades para se recuperar e convivendo com cirurgias. Ele chegou a colocar - e depois retirar - uma espécie de âncora para sustentar o tendão.

Nesta temporada, porém, o atacante tem conseguido trabalhar diariamente no gramado, embora ainda seja submetido a trabalhos individualizados para controlar a carga e evitar novos problemas – mais ou menos como Cleiton Xavier, outro que enfrentou recentemente uma série de lesões.

O contrato de Luan, que terminaria em julho deste ano, foi renovado em janeiro e agora vai até o fim de 2017. Alguns clubes se interessaram e sondaram a possibilidade de um empréstimo, mas ele ficou.

O jogador chegou ao clube em 2010, emprestado pelo Tolouse (FRA), e foi comprado no ano seguinte a pedido do técnico Luiz Felipe Scolari. Em 2013, passou a ser emprestado: seu primeiro destino foi o Cruzeiro, onde trabalhou com Marcelo Oliveira, que no ano passado pediu para a diretoria mantê-lo no grupo. Depois, foi para o Sharjah, dos Emirados Árabes, onde lesionou gravemente o tendão de Aquiles.