João Burse

João Burse, técnico do Palmeiras na Copinha (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

LANCE!
10/01/2016
08:00
São Paulo (SP)

Depois de uma campanha sem brilho na fase de grupos, o Palmeiras começa neste domingo a jogar o mata-mata na Copa São Paulo. O time enfrentará o Flamengo-SP, às 16h, em São José dos Campos (SP), pela segunda fase da competição, sabendo que ficou devendo futebol nos primeiros três jogos. Para o técnico João Burse, o motivo é o seguinte:

- Os atletas sentiram a atmosfera diferente. A torcida tem nos empurrado o tempo todo, e eles foram se soltando aos poucos. Contra o São José, soltaram-se ainda mais. Lógico que eles ainda têm muito mais competência para mostrar, coisas que vimos outras vezes em outras competições. Vamos entrar fortes no mata-mata, que é outra história, um novo jogo. Vamos corrigir os erros até domingo - analisou o treinador.

Contra Sampaio Corrêa, Estanciano (SE) e São José dos Campos, o Verdão fez apenas cinco pontos e terminou a chave em segundo lugar. Apostando em um elenco bem jovem, com só cinco jogadores que atuaram na Copinha em 2015 pelo Verdão, Burse espera ver seus jogadores terem desempenho parecido com o da Copa RS, em que o time chegou até a semifinal.

- A atmosfera da Copa São Paulo que é diferente, a expectativa de conquistar um título. Talvez alguns sentiram mais que outros. Contra o São José eles estavam tranquilos e isso é bom para a sequência. Já se acostumaram com a torcida, com as câmeras, e agora é colocar em prática o futebol que eu vejo nos treinamentos - completou o técnico.