Felipe Melo - Palmeiras

Felipe Melo durante treino do Palmeiras. Ele tirou folga nesta sexta - Foto: Cesar Greco

Fellipe Lucena e Thiago Ferri
11/08/2017
18:51
São Paulo (SP)

Os advogados de Felipe Melo enviaram uma notificação extrajudicial ao Palmeiras, na quinta-feira, alegando que o volante não está recebendo as mesmas condições de trabalho dos companheiros e solicitando que ele seja reintegrado ao elenco. O clube, no entanto, continua desconsiderando esta possibilidade e vê a rescisão de contrato como caminho mais viável no momento.

Quando Alexandre Mattos anunciou que Felipe Melo treinaria em horários alternativos e avisou que não o liberaria "facinho", a ideia do Palmeiras era vendê-lo. Mas o jogador não se interessou por nenhuma das sondagens que recebeu, e reforçou isso ao diretor de futebol do Palmeiras em conversa nesta sexta-feira.

A melhor saída, então, seria chegar a um acordo amigável para rescindir o contrato do jogador, que vence em 2019. Desta forma, o clube evitaria que Felipe Melo entrasse na Justiça pedindo uma indenização e a quebra do vínculo. As partes estão conversando.

Felipe Melo tem registrado no Instagram a sua rotina de treinos solitários na Academia de Futebol. Nesta sexta-feira, ele pediu uma folga para viajar com a família e foi atendido por Alexandre Mattos.

Em contato informal com jornalistas, nesta sexta, Mattos reforçou que a decisão de afastar Felipe Melo dos outros jogadores foi sua e que seria mantida mesmo que Cuca saísse - ele já disse que vai permanecer. O estopim para o afastamento do camisa 30 foi uma discussão com o treinador.