Palmeiras

Cuca durante a partida contra o Grêmio, quinta-feira (Foto: Cesar Greco)

LANCE!
03/06/2016
15:42
São Paulo (SP)

O Palmeiras pediu nesta sexta-feira efeito suspensivo para Cuca, que recebeu gancho de dois jogos por tentar se comunicar com sua comissão no jogo contra o Fluminense. A meta do clube é fazer com que o treinador possa trabalhar no domingo, contra o Flamengo, e no clássico contra o Corinthians, partidas em que a princípio ele deve cumprir a pena.

Além de Cuca, seus auxiliares Cuquinha e Alberto Valentim também receberam a suspensão de duas partidas. O trio foi julgado quinta à tarde, no STJD, e acabou punido pelo artigo 258 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código). A pena poderia chegar até a seis partidas.

O comandante trabalhou normalmente no banco de reservas contra o Grêmio e admitiu que tentou se comunicar por um ponto eletrônico, mas o aparelho não funcionou. Após a vitória por 4 a 3, Cuca evitou criar nova polêmica com o assunto e aceitou a pena. Como seus auxiliares estão a princípio também suspensos, o auxiliar Eudes Pedro e o preparador físico Omar Feitosa são os maiores candidatos a comandarem o time na ausência de Cuca.