Palmeiras x Oeste

Oeste endureceu o jogo para Palmeiras, que não soube furar a retranca adversária (Foto: CELIO MESSIAS)

LANCE!
11/02/2016
00:30
São Paulo (SP)

Após um empate em casa contra o São Bento, era esperado que o Palmeiras revertesse a situação com uma boa partida, fora de casa, contra o Oeste, no entanto, não foi o que ocorreu e outro empate, dessa vez em 0 a 0, desagradou não só torcedores, mas também jogadores, como o atacante Cristaldo, que substitui Barrios no segundo tempo.

Segundo o camisa 9 palmeirense, não faltou disposição ao time, mas alertou que no Verdão o esforço não pode estar ausente e que nem sempre a superioridade técnica leva vantagem:

- Não sei se faltou isso (vontade). Se faltou isso, seria muito terrível para o Palmeiras, porque o Palmeiras é um time que tem que ter vontade para jogar bola. Às vezes você não alcança só com técnica - afirmou o argentino que ainda valorizou a atuação do Oeste:

- Hoje o Palmeiras não fez um bom jogo, mas eles (Oeste) jogaram bem - completou.


Cristaldo também aproveitou para a analisar uma das possíveis causas das atuações abaixo da média que o Palmeiras vem apresentando. De acordo com ele, o perfil ofensivo da equipe faz com que os adversários se fechem mais e cobra uma alternativa para a situação:
- O Palmeiras joga sempre atacando. Para os outros times, é muito melhor jogar de contra-ataque do que de igual para igual, mas é futebol. Temos que encontrar uma solução para o que está acontecendo - finalizou.

O Verdão volta a treinar na Academia de Futebol na tarde desta quinta-feira e tem compromisso no próximo sábado contra o Linense, no Allianz Parque, pela quarta rodada do Paulistão.