Marcelo Oliveira coletiva

Marcelo Oliveira admite má fase técnica do Palmeiras (FOTO: Arquivo L!)

LANCE!
09/11/2015
08:40
São Paulo (SP)

Após perder por 2 a 0 para o Vasco, em casa,  e ver o sonho de terminar o Brasileirão no G4 ficar mais longe de ser realizado, o elenco do Palmeiras terá dois dias de descanso e só se reapresentará na quarta-feira à tarde. O fato, comum no clube quando não há jogos no meio da semana, faz alguns torcedores reclamarem de uma suposta "falta de treinos". O técnico Marcelo Oliveira não concorda. 

- Até comentei com eles (jogadores) da semana boa que a gente fez. São jogadores de caráter, comprometidos. Fizemos uma semana muito boa de treinamentos, tentamos solucionar problemas. Vocês (jornalistas) que estão sempre lá puderam ver muito trabalho de saída de bola, com o volante colocando o time para jogar, repetimos várias vezes. Escalamos uma equipe com jogadores jovens, de vigor físico, e jogadores mais experientes que pudessem dar uma sustentação boa em um jogo como esse, com o adversário desesperado pela vitória. Não deu certo - comentou Marcelo.

Antes mesmo do tropeço já estava previsto um período de "retiro" em Atibaia, interior de São Paulo. O clube ainda não divulgou a programação, mas o elenco deve viajar na quinta-feira à noite e ficar concentrado até terça-feira, dia da viagem para Curitiba. Na quarta-feira, haverá o duelo contra o Atlético-PR, pela 35ª rodada do Brasileirão. 

"Não é só jogar nas costas do Marcelo e dos treinamentos. Ele vem fazendo de tudo para melhorar", defendeu Robinho, domingo.

A delegação ficou concentrada em Atibaia logo depois da chegada de Marcelo Oliveira, antes de encarar o São Paulo, no Allianz Parque. O Verdão não só venceu o clássico por 4 a 0 como engatou uma sequência de oito jogos sem perder e foi parar no G4.

- Se formos trabalhar mais, vamos chegar mortos no jogo. O que precisa fazer é todos jogadores assumirem a responsabilidade. Não deixar sempre para os mesmos. Tem de dividir um pouco. Não é só jogar nas costas do Marcelo e dos treinamentos. Ele vem fazendo de tudo para melhorar, mudando taticamente, ajeitando aqui e ali. Temos de continuar assim, com mais humildade para encarar as coisas - defendeu Robinho.

Palmeiras reencontra Santos e Marcelo diz se existe clima de revanche
Marcelo Oliveira se desculpa após resultado do Palmeiras: 'Foi frustrante'


Na semana anterior ao jogo contra o Vasco, o grupo também folgou na segunda e na terça. Na quarta-feira, fez trabalhos físicos pela manhã e um treino técnico à tarde. Na quinta e na sexta, o time titular foi ensaiado. No sábado, véspera do jogo, houve um recreativo.  A preparação não deu resultado e, com atuação ruim, o time foi inferior ao então lanterna.

- Foi um resultado horrível. Difícil falar. Foi realmente uma vergonha o jogo que nós fizemos. Agora tem de ter coragem de encarar e esquecer, porque temos uma final importante. Agora é foco total, na minha opinião, na Copa do Brasil. Puxamos uma pressão ate desnecessária. Poderíamos estar próximos no G4 e confiando na Copa do Brasil, mas fizemos algumas partidas horríveis no Brasileiro. Chamamos toda a responsabilidade e agora temos de assumir - completou Robinho.