LANCE!
08/09/2016
09:00
São Paulo (SP)

A maratona valeu a pena. Pelo menos é o que garantiu o jovem Gabriel Jesus, após atuar em duas partidas em menos de 24 horas. O resultado? Vitória para a Seleção Brasileira nas Eliminatórias e vitória para o Palmeiras no clássico contra o São Paulo, no Allianz Parque. A sequência só foi possível para o atacante depois de uma auto-avaliação e uma conversa franca com o técnico Cuca. 

- Tudo é conversado, nada sou eu que decido, antes de eu ir (se apresentar à Seleção Brasileira) já estava sendo armado (um esquema para jogar o clássico), então fico muito contente pela comissão e clube contarem muito comigo, bacana demais saber disso. Tudo o que for possível para eu fazer, não vou pensar duas vezes a não ser em ajudar. Tenho muito carinho pelo Palmeiras e eu pensei, pensei em como eu estava,  e conversei com o professor Cuca. A gente escolheu ficar no banco, aguardar, para quando a equipe precisasse mais. Fico feliz de poder ajudar de alguma forma - disse, e completou: 

- Sempre vale o esforço, acho que eu fiz um pouco de esforço, não contribuí com os gols, mas acho que dei um pouquinho de sorte, a equipe está de parabéns pelo jogo que fez, complicado jogar um clássico, não é fácil, ainda mais contra uma equipe como o São Paulo, conseguimos dar a volta por cima e conquistar a vitória. 

O Palmeiras venceu o Tricolor por 2 a 1, de virada. Para que Jesus pudesse estar em campo, o Verdão foi buscá-lo de jatinho em Manaus, onde estava com o Brasil. O camisa 33 dormiu na cidade logo depois da partida contra a Colômbia, na terça, que terminou por volta da meia-noite. Chegou à capital paulista no final da tarde e foi direto à concentração palmeirense.

 
- Eu mesmo sempre quero estar jogando, ajudando, o momento é muito bom, então qualquer coisa que eu conseguir contribuir eu vou ajudar bastante. Então, voltei da Seleção, o foco é no Palmeiras agora e, se acontecer outra convocação, eu vou ficar feliz e focar lá quando eu for - afirmou.

Restam 15 jogos do Campeonato Brasileiro para o Palmeiras. Até o fim da disputa nacional, a Seleção ainda terá pela frente mais quatro jogos das Eliminatórias. Titular de Tite nos dois primeiros jogos do técnico, Jesus deve desfalcar o Verdão em pelo menos mais duas ocasiões. 

- O Tite é um excelente treinador, uma excelente pessoa, uma honra treinar com ele, fico muito feliz. Estava lá, o meu foco era todo lá, agora voltei, o foco é só aqui no Palmeiras - finalizou o garoto de 19 anos.