Protesto em Atibaia (FOTO: Fellipe Lucena)

Torcedores protestando em Atibaia (FOTO: Fellipe Lucena)

LANCE!
30/03/2016
18:41
Atibaia (SP)

O pequeno grupo de palmeirenses que entrou no hotel em Atibaia (SP) para protestar contra o time foi criticado por Alecsandro. Segundo o atacante, a intenção do ato não era reclamar da má fase alviverde, mas apenas ganhar alguns minutos de fama às custas do clube.

- Um protesto como este eu acho que eles usaram a frase errada, 'não somos palhaços'. Eles são palhaços, porque para mim um protesto deste o cara quer aparecer, nunca apareceu na TV e vocês na verdade acabaram dando o que eles queriam. Eles não vieram aqui para protestar, vieram para aparecer na TV e conseguiram - disse o jogador, depois do treino.

Estes palmeirenses viajaram de Itapira (SP) até Atibaia (SP), exibiram uma faixa com os dizeres "Sérgio Moro, Lava Jato no Verdão" e cantaram "Não somos palhaços" antes de serem retirados do local. Eles ainda pararam diante dos jornalistas, foram entrevistados e disseram ter se apresentado na portaria como membros da comissão técnica. 

Na última semana, o Palmeiras já teve um protesto com torcedores: sábado, membros da Mancha Alviverde entraram na Academia de Futebol para conversar com elenco. 

- Nós, jogadores, temos de conviver primeiro com nosso trabalho, trabalhar sempre, trabalhar para buscar o melhor, para buscar as vitórias, porque no futebol a gente sabe que tudo se resume a vitórias. Derrotas têm sérias consequências. Nosso torcedor tem direito de protestar, porque assim como nós jogadores está sofrendo com o atual momento - completou.