Mina

Mina no vestiário da Fonte Luminosa antes do jogo contra o Cruzeiro (Foto: Cesar Greco)

Thiago Ferri
14/10/2016
07:55
Araraquara (SP)

Mina participou de todo o protocolo de recuperação do Palmeiras após jogar pela seleção colombiana, mas uma pancada contra o Uruguai o tirou do jogo contra o Cruzeiro. O zagueiro até foi ao campo da Fonte Luminosa para fazer testes, mas as dores o impediram de atuar. Com dois dias de descanso, o camisa 26 espera jogar no domingo, contra o Figueirense.

- Eu tive uma pancada no jogo contra o Uruguai. Hoje fiz questão de estar na partida, mas senti muitas dores. Preferi sair e me recuperar. Acredito que é somente uma pancada, mas vamos ver o que fala o médico. Creio que posso jogar (domingo). Vou trabalhar para isso, para ficar 100% - afirmou.

Mina foi titular e marcou no empate em 2 a 2 com o Uruguai, terça, em Barranquilla (COL). Jomar Ottoni, fisioterapeuta do Palmeiras, e Alexandre Mattos, diretor de futebol, foram até a cidade com o avião particular de Paulo Nobre para iniciar os cuidados sobre o zagueiro.

Eles chegaram no aeroporto de Guarulhos (SP) na noite de quarta, buscaram Gabriel Jesus e fizeram novo voo a Araraquara. Os dois chegaram por volta das 22h, e o atacante jogou os 90 minutos contra o Cruzeiro. Mina, por sua vez, deve ser avaliado em São Paulo. Cuca ainda não garante sua volta domingo.

- Tem um tempo de recuperação, vamos esperar para ver se domingo ele está em uma boa condição. Hoje não tenho como falar. Ele foi vetado pelo departamento médico porque não tinha condição de jogo - resumiu.

Caso não tenha condições de enfrentar o Figueirense,  Edu Dracena será novamente titular. O zagueiro teve mais uma boa atuação contra o Cruzeiro.

- Eu estou muito bem, feliz, podendo entrar e ajudar. Importante é priorizar sempre o grupo. Fico feliz pelo lado defensivo - disse o zagueiro do Verdão. Com 27 gols em 30 jogos, o Palmeiras tem uma das melhores defesas do campeonato, junto de Flamengo, Santos e Atlético-PR.