Thiago Ferri
12/01/2017
13:01
São Paulo (SP)

O Palmeiras pagou 3 milhões de euros (R$ 10,1 milhões na atual cotação) no fim de 2016 para adquirir os 50% dos direitos econômicos de Dudu vinculados ao Dínamo de Kiev (UCR). Ao contratá-lo, em 2015, o clube já tinha comprado a outra metade, e portanto agora tem 100% dos direitos do camisa 7.

Isto significa que, em uma futura venda, o Verdão ficará com todo o valor da transferência.  O contrato de Dudu é válido até o fim 2018, e a princípio o Palmeiras teria até lá para comprar esta última fatia. Só que, por contrato, se recusasse alguma proposta, como fez com a investida da China, no ano passado, teria de adquirir até dezembro a parte do Dínamo.

Ao todo, Dudu custou ao Palmeiras 6 milhões de euros, e nesta semana completou dois anos de clube. Contratado depois de o Verdão atravessar os rivais Corinthians e São Paulo, o atacante disse em entrevista ao LANCE! no fim do ano que ele e sua família tornaram-se palmeirenses. Capitão no título brasileiro e também decisivo na conquista da Copa do Brasil, o camisa 7 tem 109 jogos e 25 gols no clube.

Conforme publicou o jornalista Paulo Vinícius Coelho, este foi um dos investimentos que o clube fez neste fim de ano, além dos quase R$ 25 milhões investidos em reforços. Desta forma, a antecipação de receita feita pela Crefisa, de R$ 23 milhões, ajudou o clube a manter um bom fluxo de caixa mesmo com a intensa movimentação no mercado.