Modelo posa com a nova camisa do Palmeiras, patrocinado pela Crefisa (Divulgação)

Miss palmeirense posa usando camisa com o logo da Crefisa (Divulgação)

LANCE!
16/11/2015
15:47
São Paulo (SP)

A Adidas, fornecedora de material esportivo do Palmeiras, divulgou um comunicado nesta segunda-feira informando que a criação de uma camisa casual do clube com a logomarca da Parmalat foi uma ideia da empresa.

O projeto irritou a Crefisa, atual patrocinadora do clube. Leila Pereira, presidente da parceira palmeirense, disse que só a ideia já seria motivo para rescindir o contrato, reclamou da "falta de lealdade" do presidente Paulo Nobre e fez críticas duras até aos reforços trazidos pelo clube em 2015.


Na sexta-feira, uma nota enviada pelo Palmeiras explicava que o clube havia apenas repassado a ideia da Adidas à Crefisa e que, ao receber uma resposta negativa da empresa, desistiu de lançar o produto.

VEJA ABAIXO O COMUNICADO DA ADIDAS

"A adidas esclarece que a proposta da camisa retrô, inspirada nos uniformes da Sociedade Esportiva Palmeiras do início da década de 90 (com patrocínio da Parmalat), partiu da empresa, para eventualmente ser implementada, somente caso o clube e seus demais patrocinadores estivessem totalmente de acordo, assim como são feitos todos os processos de aprovação de produtos entre adidas e o clube.

A adidas jamais teve intenção de causar qualquer transtorno entre o clube e seus patrocinadores. Com uma das parcerias mais profissionais e bem-sucedidas do futebol brasileiro, adidas e Palmeiras, sempre prezam pela inovação, respeito e pelo serviço aos torcedores. Foram propostas ousadas e inovadoras que possibilitaram a criação de produtos como a camisa verde limão, a amarela e a azul com a Cruz de Savóia.

Reforçamos ainda a postura do Presidente Paulo Nobre, que sempre preza pela relação clube e patrocinadores, procurando sempre conciliar os interesses de cada um."