Romarinho - Rio Claro

Romarinho é a esperança de gols do Rio Claro para derrotar o Santos (FOTO: Luciano Urbancic)

LANCE!
20/03/2016
09:00
Rio Claro (SP)

Se a esperança é a última que morre, o apoio das arquibancadas passa a ser o grande trunfo do Rio Claro para o embate contra o Santos neste final de semana pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. O trio rioclarense formado pelo volante Jean Patrick, ex-Vasco, e os atacantes Romarinho e Lucas Xavier acredita na possibilidade de superar o atual campeão paulista para embalar de vez na competição e livrar o time do rebaixamento para a Série A2.

- Nem só de flores vivemos, mas também com a missão de criar alternativas de evitar os espinhos. Somente nós jogadores é que podemos tirar o Rio Claro da situação em que se encontra no campeonato. A luta é árdua, porém, temos capacidade suficiente para conquistar os resultados necessários e manter o glorioso Galo Azul na elite do futebol paulista - declarou o volante Jean Patrick.

Já o atacante Lucas Xavier entende que uma vitória diante do Santos e com o apoio da torcida local, o time possa ganhar maior motivação para a sequência decisiva de outros cinco compromissos que o time terá pela frente. No entender do artilheiro da agremiação interiorana não existe outro resultado a ser conquistado se não a vitória.

- Sabemos que em alguns momentos da competição, mesmo estando em seu início e ao mesmo tempo no fim de sua primeira fase, deixamos a desejar, porém, nada está perdido. Estamos empenhados, focados e determinados a conquistar um bom resultado contra o Santos e recolocar o Rio Claro em reais condições de brigar por sua permanência - disse Xavier. 

Em contrapartida, o artilheiro Romarinho, ex-Palmeiras e Fortaleza, se diz incomodado com a 19ª posição do time na tabela de classificação. Ele acredita que este é o momento ideal e oportuno para que o Galo Azul comece a sua reação no certame estadual. O camisa 11 é o artilheiro da equipe no Paulistão com dois gols marcados.

- A nossa reação não pode mais ficar para a próxima rodada e dessa forma protelando o começo dela. Temos apenas seis jogos para conquistar os pontos necessários e assim evitar o rebaixamento do clube. Não existe momento mais propício para que possamos iniciar uma reação do que esse. Precisamos dos três pontos contra o Santos custe o que custar - concluiu.