Marronzinho (Grupo Geração / pb2)

Marronzinho (Foto: Grupo Geração / pb2)

Emilia Chacom
11/07/2016
17:03
Brasil

A tocha olímpica esteve nesse domingo (10) na cidade de Laguna (SC) e um piloto de Motocross foi homenageado durante o revezamento da tocha na cidade. O último condutor da chama olímpica foi o mecânico de motos, João Paulino da Silva, pai do tricampeão brasileiro de Motocross, Marronzinho, que nasceu em Laguna.

Marronzinho faleceu em 2012 após um acidente durante um treino. O piloto foi ainda 16 vezes campeão catarinense, campeão paranaense e campeão da Superliga Brasil de Motocross, em 2010, seu último título.

O piloto estava com 29 anos e integrava a equipe Geração/Monster/Yamaha. A família dele construiu um memorial em Laguna, onde os visitantes tem a oportunidade de ver de perto objetos pessoais, fotos, troféus e uniformes.
O local fica na Avenida Calistrato Muller Sales, 2.245, bairro Portinho, na rua de entrada da cidade de Laguna.

Confira os títulos da carreira de Marronzinho:
1991 – Campeão catarinense de Motocross na 50cc;
1997 – Campeão catarinense de Motocross na MXJr;
1997 – Campeão catarinense de Supercross na SXJr;
2004 e 2006 – Bicampeão sul-brasileiro de Motocross na MX1
2006 – Campeão sul-brasileiro de Supercross na SX1;
2007 e 2000 – Bicampeão catarinense de Motocross na MX2;
2007 e 2005 – Bicampeão catarinense de Supercross na SX2;
2008, 2007, 2006, 2004 e 2003 – Pentacampeão catarinense de Motocross na MX;
2008, 2007, 2006, 2005 e 2004 – Pentacampeão catarinense de Supercross na SX1;
2008, 2006 e 2005 – Tricampeão brasileiro de Motocross na MX;
2009 – Campeão paranaense de Motocross na MX1;
2010 – Campeão da Superliga Brasil de Motocross na MX1