A direção do Moto 1000 GP, detentora da chancela do Brasileiro de Motovelocidade, anunciou  oficialmente a não realização de seu campeonato de motovelocidade na temporada de 2016

Rodrigo Ruiz/Divulgação

Reginaldo Rizzo
22/05/2016
16:25
Brasil

A direção do Moto 1000 GP, detentora da chancela do Brasileiro de Motovelocidade, anunciou oficialmente a não realização de seu campeonato de motovelocidade na temporada de 2016.

O organizador do Campeonato, o ex-piloto Gilson Scudeler., justificou o cancelamento em decorrência da crise econômica. “Estávamos desde julho do ano passado em tratativas de renovação dos acordos com nossos patrocinadores para 2016. O orçamento estava definido e viabilizado em dezembro”, segundo Scudeler. “Só que a cada semana havia uma piora da conjuntura e as dificuldades foram aumentando. A economia veio se deteriorando e isso foi decisivo para que tivéssemos de anunciar essa triste decisão aos pilotos e às equipes do Moto 1000 GP”.

A indefinição dos rumos do momento econômico do Brasil nos primeiros meses do ano adiou as definições de apoiadores que apostaram no evento nas temporadas anteriores e contribuiu para o recuo de pelo menos um novo patrocinador máster. “O campeonato não vai acontecer porque, dentro dessa nova realidade, não conseguimos fechar o orçamento necessário para mantê-lo de acordo com o padrão dos cinco primeiros anos”, afirmou Scudeler.