Jetro Salazar

Jetro Salazar Tiago Lopes/CBM

Gabirel Ibrahim
20/07/2016
17:43
Extrema (MG)

O Campeonato Brasileiro de Motocross PRÓ terminou a 3ª etapa no último fim de semana, 16 e 17 de junho em Extrema (MG), com novos pilotos nas lideranças das categorias da competição. Até a etapa retrasada em Paty do Alferes (RJ) a maioria dos pilotos que estava na ponta da classificação geral havia conseguido vitórias consecutivas.

Muitas reviravoltas provocaram mudanças de posições. O equatoriano Jetro Salazar agora é líder da MX1 depois que Jean Ramos se acidentou na segunda bateria em Extrema, e não continuou a prova. Jetro já vinha na cola de Jean no placar geral e subiu de posição tomando a ponta do brasileiro. "Esse final de semana foi muito difícil pra mim, eu sabia desde a primeira corrida que tinha o potencial para ser campeão do Brasileiro e estou buscando isso", declara Jetro.

Gustavo Pessoa era líder da MX2 desde a abertura em Limeira (SP). O piloto caiu para o posto de vice-líder do Campeonato com Fábio Santos conquistando vitória dupla nas baterias em Extrema. Santos foi ao lugar mais alto do pódio na etapa e na classificação geral.

Na MX3, foi a vez do esloveno Roman Jelen assumir a ponta do Campeonato, após a vitória do fim de semana. Balbi Júnior, estreante na categoria estava na frente depois vencer todas as etapas. Contudo Balbi ficou de fora da disputa dessa vez por conta de um acidente sofrido em uma competição, dias antes da etapa.

No caso da categoria MXJR, o líder era Leonardo Cassarotti depois de vitórias consecutivas. Entretanto ele foi desclassificado na última etapa por receber auxílio externo durante a prova.

A surpresa da Júnior foi o piloto Leonardo Nunes, que venceu em Extrema e assumiu a vice-liderança do Campeonato depois de 3 anos sem alcançar a ponta do pódio em uma etapa por conta de lesões sofridas nas disputas. Outro destaque foi Tallys Nathan que chegou de mansinho ao posto de líder do placar geral depois de um ano de dificuldades com problemas na moto.

"Não me dei muito bem na pista em Extrema, mas consegui fazer uma boa prova. Estou com uma boa expectativa para as próximas etapas. Estar na ponta me deixa mais empenhado para continuar treinando cada vez mais forte", revela Tallys.