Joaninha

Joaninha / Divulgação

Gabriel Ibrahim
23/06/2016
09:49
Brasil

Gilmar Joaninha Flores, heptacampeão da Copa Brasil de Freestyle Motocross, será o representante da modalidade a conduzir, nesta quinta-feira (23), o símbolo dos Jogos Olímpicos durante a passagem por Cuiabá (MT). O piloto percorrerá, a partir das 14h, o trecho entre a Praça das Bandeiras e a Avenida Mato Grosso.

Segundo Joaninha, o fato histórico para sua carreira é celebrado com muita alegria e gratidão. “Será um momento de muita emoção e de grande relevância para minha história profissional e enorme honra como atleta e cidadão mato-grossense”, revela o piloto.

O ato também representa para Joaninha uma homenagem ao desempenho do piloto e visibilidade para o Motocross. “Esse convite significa reconhecimento pelo trabalho que desenvolvemos com dedicação e demonstra também fomento ao esporte”, afirma.

Além do piloto, outros 135 convidados devem conduzir a tocha por 33 quilômetros entre as cidades de Várzea Grande e Cuiabá. A chama olímpica será revezada entre os condutores a cada 200 metros.

Itinerário

A Tocha Olímpica deve chegar ao Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, às 10h, desta quinta-feira. Às 10h30 começa o revezamento, que deve passar pelas avenidas Filinto Muller, Castelo Branco e Couto Magalhães, fazendo paradas estratégicas em alguns pontos.

Após o intervalo para o almoço, a partir das 14h, a peça será conduzida por ruas e avenidas da capital mato-grossense. O revezamento deve ter início em frente ao Comando Geral da Polícia Militar, em Cuiabá. Na sequência passa pela Praça das Bandeiras, onde será conduzida por Joaninha, depois vai para a Igreja São Benedito, Escola Liceu Cuiabano, Centro Geodésico da América do Sul e Complexo Esportivo Dom Aquino. A cerimônia se encerra às 19h30, na Arena Pantanal.