Brasileiro superou os gringos e ficou com a vitória

Tiago Lopes/CBM

Emilia Chacom
15/05/2016
20:34
Limeira (São Paulo)

Limeira (SP) recebeu neste fim de semana, 14 e 15, os melhores pilotos do país e vários do exterior para a abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross.

Foi a terceira vez seguida que a cidade recebeu a prova. Os amantes do Motocross lotaram o motódromo que fica no Horto Florestal do município. De acordo com a organização da prova cerca de 35 mil pessoas prestigiaram a competição nos dois dias. “Foi uma boa abertura de Campeonato. Os pilotos deram show na pista e mais uma vez recorde de público em Limeira”, aponta o presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Henrique Alves.

A principal categoria, a MX1, recebeu novos integrantes nesta temporada. Dudu Lima e Hector Assunção, que até ano passado corriam na MX2 agora integram a classe. Dudu, inclusive deu trabalho, e terminou em sexto na classificação final.

Quem saiu campeão nesta etapa foi o brasileiro Jean Ramos, após vencer a primeira bateria e ficar em terceiro na segunda. Jean, que em 2015, ficou em segundo lugar na classificação final do Brasileiro de Motocross PRÓ, garante que este ano está ainda mais preparado e quer o título de campeão da temporada. “Consegui atingir o meu objetivo que era sair de Limeira com a vitória. É muito bom começar o Campeonato na frente, dá um gás para continuar todo o nosso trabalho”, destaca Jean.


Jean venceu a primeira bateria
Tiago Lopes

Apesar do campeão da etapa ser brasileiro, outros três gringos completaram o pódio: o espanhol Carlos Campano, ficou em segundo, o equatoriano Jetro Salazar ficou em terceiro e o português Paulo Alberto ficou em quarto. O brasileiro Marcello Lima completou o pódio na quinta posição.

Na categoria Junior, Léo Cassarotti foi o mais rápido. O piloto saiu na frente e segurou a posição até cruzar o arco de chegada.


Gustavo Pessoa repetiu a vitória em Limeira (SP)
Tiago Lopes/CBM

Os pilotos da MX2 fizeram a alegria o público com as reviravoltas de posições que tomaram conta nas duas baterias. Na soma quem levou a melhor foi Gustavo Pessoa, que ficou em segundo lugar na primeira bateria e em primeiro na segunda. “Todos os outros competidores também estão de parabéns. Queria agradecer a minha equipe e aos patrocinadores. Pretendo trabalhar firme e forte para conquistar mais vitórias. Consegui administrar bem a corrida e me senti bem na pista”, declara Gustavo.


A etapa contou com um público de cerca de 35 mil pessoas
Tiago Lopes/CBM

No sábado (14) teve a disputa da MX3. Quem venceu foi Jorge Balbi que corre na MX1 e estreou este ano também na MX3. “Não foi uma prova fácil, nenhuma prova é. Mas eu treinei bastante, e agora quero pódio também na MX1”, destacou Balbi.

Resultados:
MX1
1º Jean Ramos
2º Carlos Campano
3º Jetro Salazar
4º Paulo Alberto
5º Marcello de Lima (Ratinho)

MX2
1º - Gustavo Pessoa de Souza
2º - Fábio Aparecido dos Santos
3º - João Pedro Pinho Ribeiro
4º - Pedro Henrique Rosa Bueno
5º - Enzo Lopes


Junior
1º Léo Cassarotti
2º Joaquim Antônio Neto
3º Bruno Schimit
4º Thallys Nathan Brito
5º Leonardo Nunes


MX3
1º Jorge Balbi
2º Roman Jelen
3º Milton Becker
4º Everilton Nicoladeli
5º André Stocovich