Os 1500 metros do traçado são bastante elogiados pelas características do terreno

Thyago Lorentz/ CBM

Gabriel Ibrahim
10/06/2016
15:53
Brasil

O Campeonato Brasileiro de Motocross PRÓ terá a segunda rodada da Temporada 2016 no próximo fim de semana, 18 e 19 de junho. A cidade de Paty do Alferes, região serrana do Rio de Janeiro será palco das disputas pelo terceiro ano consecutivo.

A pista, localizada no Horto de Avelar, fica dentro de uma fazendo e é rodeada por belezas naturais. Os 1500 metros do traçado são bastante elogiados pelas características do terreno. "Eu gosto muito dessa pista, ela é bem técnica. Tem uma parte cheia de ‘costelas’ que fazem a diferença e influenciam em um ou dois segundos no tempo da volta”, revela o piloto equatoriano da MX1, Jetro Salazar.

"É uma pista muito técnica, de pulos bem grandes.Os anos anteriores eles trataram muito bem o terreno e ficou bastante divertido de andar, com bastante canaleta e buraco, dando muitas opções de traçado. Eu pessoalmente gosto da pista e sei que cada ano os organizadores tentam melhorar ela. Tenho certeza que a CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) vai fazer um bom trabalho pra deixar ela em ótimas condições para nós novamente", afirma o piloto venezuelano, Humberto Martin, o "Machito".

Para Jean Ramos, campeão da MX1 na etapa de abertura que aconteceu em Limeira (SP), o percurso é um dos seus preferidos. “É uma das pistas mais técnicas da temporada, bem veloz, o que proporciona saltos bem grandes. Está entre as que eu mais gosto de andar da temporada”, conta Ramos.

Outra característica da pista do Horto é a arquibancada natural. Quem comparecer ao evento poderá assistir ao espetáculo, pertinho dos pilotos, e é possível ver tudo que rola na prova. “É como se fosse um Loretta Lyn do Motocross brasileiro. Uma pista dentro de uma fazenda. Você vive dois dias só de Motocross. É uma particularidade que faz ser uma das melhores disputas, bem acolhida pelo público e pelos organizadores”, relata Cale Neto, chefe de equipe da Escuderia X.