LANCE!
20/04/2016
06:30
São Paulo (SP)

Na última semana, o atacante Robinho marcou seu primeiro gol pelo Atlético-MG na Libertadores, na goleada por 4 a 0 sobre o Melgar. Foi o 15º gol do brasileiro na principal competição de clubes do continente, marca que o coloca entre os melhores do país.

O grande artilheiro do país na Libertadores é o ex-atacante Luizão. Ao todo, Luizão fez 29 gols pro Corinthians, Grêmio, São Paulo e Vasco. Apenas pelo Corinthians, em 2000, o centroavante fez 15 gols. Seu último gol, porém, foi pelo São Paulo, na final contra o Atlético-PR, em 2005.

O segundo da lista é Palhinha, ex-meia do Cruzeiro, que chegou a marcar 13 vezes na edição de 1976, quando a Raposa foi campeã pela primeira vez. Em seguida aparece Célio, autor de 22 gols, sendo 12 na edição de 1967 pelo Nacional, do Uruguai. Outro que fez mais de 20 gols é Jairzinho, com 21 gols, sendo 12 pelo Cruzeiro em 1976.

Hoje técnico, Guilherme anotou 19 gols na Libertadores por Grêmio, Vasco, Atlético-MG e Cruzeiro. Pelo Galo, em 2000, o ex-atacante fez 9 gols.

Em seguida aparecem Tita (18), Marcelinho Carioca (18), Pelé (17), Zico (16), Jardel (16), Robinho (15), Alex (15), Leandro Damião (15), Thiago Ribeiro (14), Rogério Ceni (14), Luis Fabiano (14), Washington (14) e Neymar (14).

Dos que disputam ainda o torneio, os que estão mais próximos são Danilo (9 gols), Elias (8), Ganso (6), Giuliano (6), Douglas (6) e Guilherme (6).