LANCE!
24/03/2016
06:50
São Paulo (SP)

O jornalista  Gianluca Di Marzio, do Sky Sports Italia, noticiou que a Juventus tem interesse na compra de Matheus Pereira, o Pirulão, e pode pagar 2,5 milhões de euros (R$ 10,2 milhões). 

Aos 18 anos, a revelação do Timão teve poucas oportunidades no time titular até aqui e ficou marcada pelo pênalti perdido na final da Copa São Paulo deste ano. Além dele, o Corinthians já perdeu outras promessas por preços baixíssimos ou que pouco jogaram pelos profissionais.

Os casos mais emblemáticos são de Willian e Marquinhos. O primeiro saiu em 2007 pouco antes do rebaixamento e era o melhor jogador daquele time, mas foi negociado com o Shakhtar Donetsk por 14 milhões de euros, segundo o Transfermarkt. Hoje, o meia da Seleção vale 32 milhões de euros.

Mas a situação mais embaraçosa aconteceu com o zagueiro Marquinhos, campeão da Copinha e do Brasileiro de 2011. Emprestado para a Roma, foi vendido por 5,7 milhões de euros quatro meses depois. Seis meses após o negócio, o PSG pagou 31,4 milhões de euros pelo zagueiro.

No ano passado, outro jovem promissor da Copinha foi para a Itália: o meia Matheus Cassini, vendido ao Palermo e hoje emprestado ao Inter, da Croácia.

Outro que saiu recentemente foi Malcom, embora este tenha jogado duas temporadas pelo time. Ele foi negociado com o Bordeaux, da França.

No próprio elenco, o Corinthians tem Fágner, revelado pelo clube e que pouco jogou. Depois de jogar na Alemanha e no Vasco, o lateral retornou ao clube para ser campeão do Brasileiro em 2015.

Um dos craques do Brasileirão nas conquistas do Cruzeiro em 2013 e 2014, Éverton Ribeiro é da base corintiana, mas rodou por São Caetano e Coritiba antes de se destacar na Raposa.

Outro lateral-esquerdo que hoje está na Europa e não vingou no Timão é Dodô, da Inter de Milão. Na mesma posição, o Corinthians não fez muito esforço para ficar com Marcelo Oliveira, destaque do Grêmio no Brasileiro do ano passado. Assim como Nilton, campeão pelo Cruzeiro e atualmente no Internacional. A lateral, aliás, é um antigo tormento. Ronny, da época de Tévez e cia, nunca teve chances, mas fez sucesso na Europa.

Com um pouco mais de bagagem, mas sem grandes oportunidades, Danilo Fernandes foi para o Sport, se destacou e está no radar de grandes equipes para o Brasileiro. Assim como Jô, que teve chances, mas saiu cedo do time para jogar na Rússia. Outro garoto com potencial, que pertence ao Timão, é Marciel, emprestado ao Cruzeiro.

A lista de promessas tem ainda Bobô, Boquita, Rosinei, Lulinha, Dentinho e tantos outros. No elenco atual, os nomes da vez são Maycon, Guilherme Arana e Yago.