LANCE!
03/05/2016
06:40
São Paulo (SP)

Desde a criação da Premier League em 1992, apenas seis clubes conquistaram o torneio, mas nenhum deles foi tão festejado quanto o desta temporada, quando o Leicester lutou contra todas as probabilidades e desbancou os ricos e favoritos Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e até Tottenham. Um feito histórico, sem dúvidas. Mas, afinal, onde estavam os jogadores do time há cinco anos, em 2011.

Com apenas 400 mil euros, era possível contratar os craques Mahrez e Vardy e ainda sobrava dinheiro. O mais caro e de maior sucesso era o suíço Inler, que jogava pela Udinese e tinha valor de mercado estipulado em 15 milhões de euros.

Peças fundamentais na campanha, Schmeichel, Huth e Drinkwater estavam em Leeds, Stoke City e Watford. O goleiro dinamarquês estava com o futuro em dúvida, após não se firmar no Manchester City e Huth havia deixado o Chelsea.

Alguns deles, nem profissionais eram, casos de Amartey, Kanté e Demarai Gray. Nem mesmo o técnico Claudio Ranieri estava em boa fase, já que havia deixado a Roma após quase cem jogos.