LANCE!
03/03/2016
07:00
São Paulo (SP)

O Campeonato Chinês começa nesta sexta-feira e, diferentemente dos últimos anos, não há favoritos para o título. Atual pentacampeão, o Guangzhou Evergrande, do técnico brasileiro Luis Felipe Scolari, terá de superar rivais com craques mundiais, como Alex Teixeira e Ramires, do Jiangsu SUning.

O ex-jogador do Vasco divide o posto de mais valioso do torneio com o colombiano Jackson Martínez, ambos avaliados em 30 milhões de euros, cerca de R$ 127 milhões. Eles chegaram ao país na atual janela de transferências, que abalou o futebol mundial.

Se antes os chineses levavam jogadores de ligas exportadoras como o próprio Brasileirão, desta vez eles foram buscar seus principais reforços na Europa. Ainda assim, os brasileiros são maioria, 26,5% do total de gringos na China.

O terceiro mais caro do campeonato é o brasileiro Ramires, que estava no Chelsea. Comprado por 28 milhões de euros, o meia é avaliado em 25 milhões de euros. Outro que trocou a Liga dos Campeões para jogar na Ásia foi Gervinho, ex-Roma. O marfinense do Hebei Fortune é o quarto mais valioso da liga chinesa, avaliado em 15 milhões de euros.

Em quinto lugar da lista está Ricardo Goulart, ex-Cruzeiro. No primeiro ano no Guangzhou Evergrande, o atacante ganhou o torneio nacional e a Liga dos Campeões da Ásia. Comprado por 15 milhões de euros, seu valor de mercado está em 12 milhões de euros.

Além dos brasileiros, o chineses parecem apostar em outros sul-americanos, os colombianos. O sexto mais caro é Fredy Montero (Tianjin Teda) e o sétimo, Fredy Guarín (Shanghai Shenhua), avaliados em 11 milhões de euros e 10,5 milhões de euros, respectivamente.

Outra caraterística das compras chinesas parece ser a obsessão pela Premier League. Demba Ba e Paulinho, oitavo e nono mais caros, estavam lá. O senegalês passou por Chelsea e depois Besiktas, enquanto o volante brasileiro esteve no Tottenham. Ambos valem 10 milhões de euros.

Completam a lista dos dez mais valiosos o argentino Ezequiel Lavezzi, que estava no PSG, e Renato Augusto. O atacante assinou com o Hebei Fortune e tem valor de mercado estimado em 9 milhões de euros, mesmo valor do brasileiro Renato Augusto, craque do último Brasileirão e vendido pelo Corinthians ao Beijing Guoan.