LANCE!
27/03/2016
07:00
São Paulo (SP)

O principal nome do São Paulo, no atual momento, não enfrenta o Santos neste domingo de Páscoa, na Vila Belmiro. Em fase de artilheiro, Ganso já marcou quando enfrentou seu antigo clube. Do lado do Peixe, Ricardo Oliveira também jogou pelo São Paulo, mas é outro que não joga, pois está com a Seleção Brasileira.

Este será o jogo de número 299 do clássico e o grande artilheiro do confronto é Pelé. O Rei marcou 31 vezes contra o Tricolor. Outro goleador do San-São é Serginho Chulapa, ídolo de ambos os clubes, que marcou 26 gols, sendo 20 pelo São Paulo e seis pelo Peixe.

De 2001 para cá, os maiores goleadores do clássico são Luis Fabiano e Neymar, com nove gols cada. O primeiro deixou o São Paulo no fim de 2015 para jogar na China, mas fez gols em cinco temporadas diferentes. Já Neymar, marcou em 2010, 2012 e 2013, ano que deixou o Santos rumo ao Barcelona.

Esta marca pode ser batida ainda neste ano. Isso porque Ricardo Oliveira, que no ano passado fez incríveis sete gols contra o São Paulo, tem oito gols, apenas um a menos. No entanto, como já foi dito, o atacante está servindo a Seleção Brasileira.

Mais atrás na lista estão Dagoberto, Diego e Ganso, todos com quatro tentos, sendo que Ganso fez três pelo Peixe e um pelo Tricolor. Rogério Ceni, Lucas, Robinho e Washington completam os maiores goleadores do San-São neste século, com três gols cada.

Além de Ganso, outros três jogadores balançaram as redes pelos dois clubes. O meia Cícero, hoje no Fluminense, o meia Ricardinho, hoje técnico da Portuguesa, e o atacante Thiago Ribeiro, que acaba de acertar com o Bahia. O único que ainda pode entrar para lista neste domingo é o lateral Carlinhos, que marcou pelo Peixe em 2007 contra o Tricolor.