LANCE!
24/02/2016
08:12
São Paulo (SP)

A vitória do Barcelona por 2 a 0 sobre o Arsenal pelas oitavas de final da Liga dos Campeões foi além de um resultado que coloca o time espanhol perto da próxima fase. Na partida, o argentino Lionel Messi fez o gol de número 10.000 da história do clube.

Com 441 gols, Messi é o maior artilheiro da história do clube e responsável por quase 5% da marca total.

Mas o primeiro clube a atingir a marca foi brasileiro, o Santos. Em 1998, o meia Jorginho anotou o gol em partida válida pela Copa do Brasil, na vitória por 4 a 3 do Peixe sobre o Vila Nova-MG.

Em 2001, o Flamengo também chegou lá, com o ex-meia Beto, na vitória por 3 a 0 sobre o Cruzeiro, pela Copa dos Campeões. O Vasco demorou um pouco mais, porém anotou o gol 10.000 na vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians no Brasileiro que 2007, ano que o Timão caiu.

Quatro anos depois o Botafogo fez o seu com Antônio Carlos no empate por 1 a 1 com o Resende em 2011. No entanto, a informação não é oficial do clube.
Assim como o Fluminense, que e alcançou o feito em 2006, mas o clube não informa o dado com precisão.

O Colorado teria feito o gol 10.000 contra o Caxias em uma goleada por 8 a 1 e o tento foi de D’Alessandro. Já o Imortal, não há registro sobre qual jogo e qual jogador teria feito.

O segundo paulista na lista é o Palmeiras, que fez seu histórico tento contra a Ponte Preta em 2004. O autor do gol? Muñoz, o colombiano baixinho que deixou saudades no Verdão.

Em 2010, o Corinthians fez seu gol histórico pelos pés de Dentinho contra o Santo André na vitória por 2 a 1. O gol teve participação de Roberto Carlos e assistência de Ronaldo Fenômeno.

No ano passado, o São Paulo fez o seu com o atacante Alan Kardec, na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba no Brasileirão.

Atlético-MG e Cruzeiro não têm informações sobre o número de gols dos clubes.