Cadastre-se no LANCE! ESPRESSO

*|MC:SUBJECT|*
Se você não conseguir visualizar, clique aqui

As perspectivas do esporte muito além da informação. De segunda a sexta, um resumo do que foi notícia e o que de mais importante vai acontecer. Uma seleção do LANCE! com comentários e análises de Luiz Fernando Gomes. Saboroso como um café espresso. Para comentar: lfgomes@lancenet.com.br

Vida nômade que segue

O Flamengo admitiu usar o Pacaembu para mandar parte de seus jogos na Libertadores. O presidente Bandeira de Melo lembrou as experiências bem sucedidas no estádio paulista, durante o Brasileirão deste ano. É verdade. Os jogos ali foram um sucesso de público e de crítica. Mas, o que mais há de relevante nessa declaração, não é nada positivo; é a triste constatação de que mais um ano vai entrar e o rubro-negro continua sua vida de nômade da bola. Sempre em busca de uma casa para chamar de sua.

Casos de política e de polícia

Enquanto o governo do estado não decide o futuro do Maracanã – o clube quer a abertura de uma nova licitação e o direito de participar de um consórcio que administre o estádio - o Flamengo enfrenta problemas também no seu Plano B. O imbróglio entre Botafogo e Portuguesa, por conta da Arena da Ilha, virou caso de polícia. A diretoria da Lusa registrou queixa contra o alvinegro, sob acusação de estar retirando equipamentos que deveria deixar no estádio, mesmo com o fim do contrato. Inclusive arquibancadas tubulares. O Botafogo diz estar no seu direito e, enquanto a discussão rola, as obras necessárias à ampliação do estádio pelo rubro-negro podem sofrer atrasos.

Pela Lusa, os pingos nos is 

A acusação é grave. Em entrevista à ESPN, o ex-goleiro Leão, agora consultor da Portuguesa, disse que Heverton – pivô do rebaixamento da Lusa em 2013 -, forçou sua expulsão três jogos antes e acabou escalado na última rodada, sem ter condições de jogo, a pedido de um outro jogador, “o que torna o caso mais suspeito”.  Vale lembrar, foi a escalação de Heverton que fez a Lusa ser punida e cair para a Segundona, beneficiando o Fluminense.  A nova versão tem de ser apurada. De prático a reabertura do caso pode até não resultar em nada. Não vai mudar os resultados. Mas fazer a verdade vir à tona é fundamental para o futebol e para resgatar a credibilidade e a dignidade da Portuguesa.

Coquetéis do doping

Não há mais dúvidas. A diretora-geral da Agência Nacional Antidoping da Rússia, Anna Antseliovich, confirmou a existência de uma conspiração envolvendo serviço secreto, federações e centenas de atletas, com apoio de um vice-ministro dos esportes, para burlar os controles internacionais de dopagem. Coquetéis preparados a partir de material recolhido dos atletas em Olimpíadas foram produzidos no país para melhorar o desempenho em diversas modalidades, sem serem detectados nos exames. A funcionária nega, contudo, que altos membros do governo russo conhecessem ou participassem do esquema, como apontam investigações que levaram às punições impostas à Rússia na Rio-2016.

- O Corinthians divulgou ontem o balanço dos eventos off futebol realizados na Arena em 2016. Segundo o clube, pelo menos 50 mil pessoas passaram pelo local em shows, formaturas, palestras, convenções e atividades corporativas que ocuparam mais de 100 datas durante o ano.

 

- O argentino Montillo, contratado pelo Botafogo, desembarcou ontem no Rio, onde foi recebido com entusiasmo por torcedores. Conhecedor do futebol brasileiro, desde os tempos em que atuava no Cruzeiro, demonstrou saber muito bem o território onde está pisando. De bate-pronto, já fez provocações ao principal rival: "Tomara que eu marque muitos gols, e não apenas contra o Flamengo'", disparou.

Em paz com Guerra

Os comentários da imprensa colombiana sobre o meia Alejandro Guerra, principal contratação do Palmeiras até aqui, mostram o quanto o clube pode ganhar. “Chama a atenção sua habilidade para driblar, fazer tabelas e a velocidade mental para elaborar jogadas”, diz o jornalista David Metaute. “É conhecido pela grande técnica, o que o torna um jogador diferenciado em todos os sentidos”, corrobora Jhon Eric Gómez, crítico do diário El Colombiano. O Verdão vai desembolsar em torno de R$ 10 milhões na transação. O vínculo será de três anos.

André Kfouri fala das inovações que o Liverpool vem adotando na alimentação dos jogadores, e da importância do trabalho da nutricionista alemã Mona Nemmer nos bons resultados da equipe, vice-líder da Premier League.

Amir Somoggi enumera os tabus e os problemas que precisam ser atacados para melhorar o futebol brasileiro em 2017.  O modelo político e de gestão, o marketing, o equilíbrio financeiro, a criação de uma liga e a globalização fazem parte da lista.

O Palmeiras, por indicação de Eduardo Baptista, consultou o Sport sobre a liberação do lateral-direito Samuel Xavier, que acaba de estender seu contrato até 2019. O Verdão pode incluir jogadores no negócio para convencer os pernambucanos.

 

O Fluminense, embora já converse sobre valores salariais com o atacante Barcos, acaba de ganhar um concorrente de peso: a LDU do Equador também está interessada no Pirata, hoje no Velez Sarsfield, da Argentina.

 

O São Paulo já se acertou com o Fluminense e o anúncio da volta de Cícero ao Morumbi deve ocorrer ainda este ano. O meia de 32 anos deve assinar por duas temporadas. O jogador estava insatisfeito com o salário que recebia no Flu.

 

O Goiás deve contar com o meia Jean Carlos na temporada 2017. O jogador pertence ao São Bernardo e estava emprestado ao São Paulo mas teve o contrato rescindido. O clube goiano é o favorito em ficar com ele.

 

O Vasco enfrenta dificuldades para contar com o zagueiro Luccas Claro, do Coritiba, um pedido de Cristóvão Borges. O Coxa recebeu consulta de clubes da Turquia interessados no jogador.


O Flamengo renovou os contratos de Marcio Araujo, Juan, Muralha e Willian Aarão. Os dois primeiros ficam no clube até o fim de 2017. O goleiro teve o vínculo estendido até 2020 e Aarão até 2019.

 

O Santos autorizou um empresário a tentar a liberação de Bernard, ex- Atlético-MG e que joga no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Um sonho difícil. Ontem, enfim, o Peixe confirmou o acerto com Leandro Donizete, do Galo.  

 

O Atlético-MG perdeu o volante Júnior Urso. O Galo estava interessado em renovar o empréstimo do jogador mas esbarrou na intransigência do Guangzhou R&F que só aceitou negociá-lo em definitivo. Ele volta assim ao futebol chinês.

 

O Grêmio está próximo do acerto com Kayke, ex-Flamengo, atualmente no Yokohoma Marinos, do Japão.  O atacante deve voltar ao Brasil, emprestado por um ano.

 

O Vitória terá o lateral-esquerdo Geferson, dispensado pelo Internacional que enxuga seu elenco para disputa da Série B. O jogador será emprestado com opção de compra pelo clube baiano.

 

O Botafogo fechou o acerto com o lateral-direito Jonas, do América-MG. 

 

A Chapecoense conseguiu o sétimo reforço para recompor o elenco. É o meia Nadson, de 27 anos, que saiu do Paraná Clube em um litígio judicial por atraso de salários. 

 

O Corinthians demonstrou interesse pelo zagueiro Daniel Polenta, de 24 anos, que é capitão do Nacional do Uruguai. A noticia é do diário Ovación. Mas a briga é dura: River Plate e Racing (ARG), LDU (EQU) e Betis (ESP) também estão atrás do jogador. 

 

O Fluminense de Feira de Santana anunciou Jorge Wagner, aos 38 anos, como reforço para a disputa do campeonato baiano.

 

58.382


torcedores foram ao Maracanã para o Jogo das Estrelas. O time de Zico, dono da festa, venceu por 8 a 4.  O anfitrião deixou o dele. Mas Neymar e Marinho do Vitória, pretendido pelo Flamengo, foram os destaques do jogo, tão aclamados quanto o Galinho, por uma torcida predominantemente rubro-negra.

Copyright © *|CURRENT_YEAR|* *|LIST:COMPANY|*, Todos os direitos reservados.
Você está recebendo este email porque cadastrou seu email no nosso site.
*|IFNOT:ARCHIVE_PAGE|*

LANCE!
lance.com.br
Brasil

Se ainda não é assinante se inscreva aqui

Deseja parar de receber nossos emails? Clique aqui

*|IF:REWARDS|* *|HTML:REWARDS|* *|END:IF|*
LANCE!
29/12/2016
07:56
Rio de Janeiro (RJ)
Espresso