Maria Sharapova

Maria Sharapova testou positivo para meldonium e pode ter pena revertida

RADAR/LANCE!
13/04/2016
15:59
Moscou (RUS)

Os atletas que foram pegos em exames antidoping testando positivo para meldonium podem ter suas penas alteradas. A informação foi anunciada pela Agência Mundial Antidoping (Wada) nesta quarta-feira, segundo a agência Reuters. A entidade admitiu que ainda são necessárias pesquisas mais aprofundadas da substância para saber por quanto tempo ela pode permanecer no sangue dos atletas.

De acordo com a Wada, amostras de exames com menos de um micrograma de meldonium antes de 1º de março deste ano são aceitáveis. A substância entrou na lista de proibição da Agência Mundial Antidoping no dia 1º de janeiro de 2016. No entanto, os atletas foram informados da decisão no outono do hemisfério norte de 2015.

- Se a organização antidoping achar que o atleta não tinha conhecimento ou não suspeitado que a substância seguiria em seu corpo após o dia 1º de janeiro de 2016, então a descoberta de negligência ou de inocência pode ser atribuída a ele. No caso do meldonium, há pouca informação científica clara atualmente.

Com isso, a tenista Maria Sharapova pode escapar da sua punição. A russa testou positivo para a substância enquanto competia no Aberto da Austrália, em janeiro.

De acordo com a Wada, 172 exames deram positivo para a substância desde sua proibição. A Rússia foi o país que mais teve atletas pegos com o meldonium.