Giovannoni e Fúlvio, do Brasília (Ricardo Bufolin/Divulgação)

Giovannoni (de frente) preside a Associação de Atletas Profissionais de Basquete (Ricardo Bufolin/Divulgação)

LANCE!
25/11/2015
18:31
São Paulo (SP)

A Associação dos Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB), presidida pelo ala/pivô Guilherme Giovannoni, emitiu nesta quarta-feira um comunicado oficial no qual repudia os atos do presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Carlos Nunes, que, segundo matéria do UOL, utilizou verbas públicas de patrocinador para pagar despesas pessoais.

A entidade que representa os atletas da modalidade no país afirmou que, porém, é necessário cautela, visto que as denúncias ainda não foram confirmadas ou apuradas por órgãos oficiais.

"A Associação dos Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB) vem a público expressar o seu repúdio a qualquer ato praticado pelos dirigentes que sejam contrários aos interesses da modalidade e não vislumbre somente o seu desenvolvimento", afirma em nota, antes de completar:

"A matéria de cunho jornalístico apresenta detalhes dos supostos desvios de finalidade no emprego da utilização dos recursos da CBB, mas ainda não indica decisões judiciais que confirmem a ilicitude dos atos praticados, razão pela qual o presente repúdio é acompanhado de cautela".

Por fim, a entidade se colocou a disposição para contribuir com qualquer investigação, assim como exigí-la ou adotar medidas que se tornem necessárias. Para isso, a AAPB irá discutir o assunto com os atletas.