GRAND PRIX: Em Sendai, Brasil estreia na segunda semana contra Sérvia

Seleção Brasileira soma duas vitórias e uma derrota no Grand Prix (Foto: Divulgação/CBV)

LANCE!
12/07/2017
14:19
São Paulo (SP)

A Seleção Brasileira feminina de vôlei já está em Sendai, no Japão, para a disputa da segunda semana do Grand Prix. Nesta quarta-feira, a equipe do treinador José Roberto Guimarães realizou os primeiros treinamentos em solo japonês. O primeiro desafio das brasileiras nesta etapa será a Sérvia às 3h40 (horário de Brasília) desta sexta-feira, na Kamei Arena Sendai. O time verde e amarelo e as sérvias formam ao lado da Tailândia e do Japão, o Grupo D da competição. O SporTV 2 transmitirá ao vivo.

No Grand Prix, de sete a 23 de julho, as 12 principais seleções disputarão a fase de classificação. A cada semana serão formados três grupos com quatro seleções em cada, definidas em sorteio. Ao fim da fase classificatória, as cinco melhores equipes avançarão à Fase Final, que contará ainda com a China, que é o país sede. A Fase Final acontecerá de dois a seis de agosto, em Nanjing (CHI).

No primeiro fim de semana da competição, o Brasil venceu a Bélgica e a Turquia, respectivamente, por 3 sets a 0 e 3 sets a 2 e foi superado pela Sérvia por 3 sets a 0. Na classificação geral, o time verde e amarelo aparece na quinta colocação, com cinco pontos. A Sérvia lidera, com nove, seguida pelos Estados Unidos, com oito, pela Holanda, com sete e pela República Dominicana, com seis.

O treinador José Roberto Guimarães falou sobre o momento das brasileiras na competição e ressaltou a oportunidade de duelar novamente contra a Sérvia.

- A Sérvia é um dos melhores times da atualidade. Fizemos um jogo ruim contra elas na primeira semana onde ainda conseguimos quebrar algumas vezes o passe delas, mas nossa relação entre bloqueio e defesa deixou a desejar. Precisamos melhorar isso para o jogo de sexta-feira. A Sérvia tem um dos melhores ataques do mundo com as bolas altas e um bloqueio pesado. Temos que tentar evoluir tanto o nosso sistema defensivo como os contra-ataques - explicou o comandante, que também chamou a atenção para o fato do Brasil enfrentar escolas diferentes nessa semana: 

- Vamos jogar primeiro contra uma equipe europeia que tem seus pontos fortes, o bloqueio e a bola alta tanto no ataque como contra-ataque. Logo em seguida enfrentaremos dois adversários asiáticos que imprimem muita velocidade. Essa adequação para virar a chave rapidamente é determinante. Enfrentar essas escolas diferentes é muito importante para o aprendizado de todo o nosso time.

A levantadora Roberta fez uma análise dos desafios do Brasil nesta segunda semana do Grand Prix, em Sendai, no Japão.

- Estamos nos preparando bastante para enfrentar a Sérvia. Sabemos que jogamos abaixo na primeira semana contra elas. Estudamos muito esses três primeiros jogos para entendermos o que precisamos melhorar. Logo depois, vamos ter dois jogos contra equipes asiáticas que têm estilos diferentes. A Sérvia tem um time que ataca com bolas altas e vamos precisar muito do nosso bloqueio, da defesa, além de um bom saque para quebrar o passe delas. Já as equipes asiáticas são jogos muito rápidos com muitas combinações e vamos precisar nos adequar rapidamente. Estamos focadas e queremos sair com três vitórias dessa etapa - disse Roberta.

Nesta quarta-feira, a Seleção feminina realizou dois períodos de treinamento. Na parte da manha, trabalho na musculação seguido de treino com bola. À tarde foi a vez do primeiro treino na arena de jogo, a Kamei Arena Sendai.