icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
31/08/2015
16:13

Ana Paula Ribeiro, Beatriz Pomini, Dayane Amaral, Emanuelle Lima, Jéssica Maier e Morgana Gmach serão as integrantes da seleção de conjunto de ginástica rítmica no Campeonato Mundial da Alemanha. As brasileiras, que são as atuais campeãs Pan-Americanas, além de terem conquistado um ouro e uma prata nas finais por aparelhos, embarcam para Sttutgart no dia sete de setembro.

A técnica Camila Ferezin optou por manter a mesma equipe dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, em julho.

- As ginastas foram muito bem no Pan, então mantivemos o mesmo grupo. As atletas já estão no pique de competição e agora não é hora de fazermos mudanças. No Pan, fizemos algumas adaptações nas séries para melhorarmos ainda mais a nossa nota e vamos mantê-las. Queremos 'cravar' as duas séries - assegurou a experiente treinadora, que está à frente da seleção desde 2011.

O objetivo para esse Mundial, classificatório para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016 - no qual o Brasil já tem vaga assegurada por ser país-sede -, é melhorar a posição em relação à edição do ano passado, quando as brasileiras ficaram com o 15ª lugar no geral.

- Nós sabemos o quanto será difícil e que todas as equipes irão com tudo para conquistar a vaga olímpica, mas temos um grupo muito bom. Essas meninas querem demais e estou bastante confiante.

A competição em Sttutgart terá início no dia 7 de setembro, com as apresentações das ginastas do individual, entre elas as brasileiras Angélica Kvieczynski, que está em aclimatação na Áustria, e Natália Gáudio, em preparação na Bulgária. Já o conjunto entrará em cena a partir do dia 11, com os treinos de pódio. No dia 12, serão as classificatórias das duas séries (cinco fitas e dois arcos e três pares de maças). As oito melhores equipes avançam para as finais por aparelhos do dia 13, último dia de provas no Porsche Arena.

Ana Paula Ribeiro, Beatriz Pomini, Dayane Amaral, Emanuelle Lima, Jéssica Maier e Morgana Gmach serão as integrantes da seleção de conjunto de ginástica rítmica no Campeonato Mundial da Alemanha. As brasileiras, que são as atuais campeãs Pan-Americanas, além de terem conquistado um ouro e uma prata nas finais por aparelhos, embarcam para Sttutgart no dia sete de setembro.

A técnica Camila Ferezin optou por manter a mesma equipe dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, em julho.

- As ginastas foram muito bem no Pan, então mantivemos o mesmo grupo. As atletas já estão no pique de competição e agora não é hora de fazermos mudanças. No Pan, fizemos algumas adaptações nas séries para melhorarmos ainda mais a nossa nota e vamos mantê-las. Queremos 'cravar' as duas séries - assegurou a experiente treinadora, que está à frente da seleção desde 2011.

O objetivo para esse Mundial, classificatório para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016 - no qual o Brasil já tem vaga assegurada por ser país-sede -, é melhorar a posição em relação à edição do ano passado, quando as brasileiras ficaram com o 15ª lugar no geral.

- Nós sabemos o quanto será difícil e que todas as equipes irão com tudo para conquistar a vaga olímpica, mas temos um grupo muito bom. Essas meninas querem demais e estou bastante confiante.

A competição em Sttutgart terá início no dia 7 de setembro, com as apresentações das ginastas do individual, entre elas as brasileiras Angélica Kvieczynski, que está em aclimatação na Áustria, e Natália Gáudio, em preparação na Bulgária. Já o conjunto entrará em cena a partir do dia 11, com os treinos de pódio. No dia 12, serão as classificatórias das duas séries (cinco fitas e dois arcos e três pares de maças). As oito melhores equipes avançam para as finais por aparelhos do dia 13, último dia de provas no Porsche Arena.