Robert Scheidt lidera o SSL Finals, nas Bahamas

Robert Scheidt durante regata em Nassau, nas Bahamas (Foto: Carlo Borlenghi)

Thiago Ferri
07/12/2017
18:53
Enviado a Nassau (BAH)

Robert Scheidt lamentou bastante o 19º lugar obtido na segunda regata desta quinta-feira, em Nassau, nas Bahamas. O velejador brasileiro foi penalizado após errar em uma tentativa de ultrapassagem e acertar a boia do trajeto no Star Sailors League (SSL) Finals. Como consequência, ele e o também brasileiro Henry Boening perderam a liderança geral do torneio após oito provas e estão em segundo lugar.

- Foi um erro grande, tentamos entrar entre um barco e a boia, mas com bastante corrente acabou jogando a gente para cima da boia e ficamos parados. Fazer a penalidade ali perde muito, então foi tudo ali. Eu arrisquei um pouco de entrar entre o francês e a boia e custou caro. Se pudesse fazer de novo, faria diferente - lamentou o brasileiro.

Na primeira regata do dia, Robert e Henry terminaram em segundo lugar e agora precisam, além de bons resultados nas últimas três provas de sexta, torcer contra Mark Mendelblatt e Brian Fatih, os norte-americanos que lideram. A dupla que terminar a fase classificatória na liderança avança diretamente para a final; a segunda melhor dupla vai para a semi. Os outros oito melhores vão para as quartas - três serão eliminados nesta fase, outros três na semi, até que os últimos quatro disputem o título do SSL Finals, no sábado.

Para o último dia classificatório, Scheidt espera ter mais vento do que nesta quinta, quando as correntes chegaram a cerca de 15 km/h.

- Vamos tentar velejar melhor amanhã (sexta), espero um pouco mais de vento, porque nestas condições não estamos tão confiantes na nossa velocidade. Com condição fraca não estamos com o barco tão rápido. Poderia ainda ter feito um dia bom, mas não era nossa condição preferida - acrescentou.

Esta é a quinta edição do SSL Finals, torneio que reúne os dez velejadores mais bem classificados nos rankings de timoneiro e proeiro da SSL na temporada, além de 16 equipes convidadas de acordo com suas conquistas em classes olímpicas e oceânicas. São 25 medalhas olímpicas entre os competidores, sendo 14 delas de brasileiros: Robert Scheidt (5), Torben Grael (5), Bruno Prada (2) e Lars Grael (2). O campeonato é transmitido ao vivo pelo site "starsailors.com".