Fabi e Sassá se encontram, em lados opostos, nesta terça (01), no Ginásio do Tijuca, pela Superliga (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

Fabi e Sassá se encontram, em lados opostos, nesta terça (01), no Ginásio do Tijuca (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

RADAR/LANCE!
01/12/2015
01:15
Rio de Janeiro (RJ)

As líberos Fabi, do Rexona-AdeS, e Sassá, do Terracap/Brasília, brilharam juntas com a camisa da seleção brasileira. Por mais de 10 anos, dividiram o quarto em conquistas marcantes do Brasil como a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e construíram uma grande amizade. Na atual temporada, Sassá decidiu trocar de posição e disputa sua primeira Superliga como líbero. Nesta terça (01), as duas estarão frente a frente na competição quando a equipe carioca, atual campeã, receberá o time candango, às 19h, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.  Fabi comentou sobre a expectativa de jogar contra a amiga Sassá, com quem viveu muitos momentos marcantes no voleibol.

- Enfrentar a Sassá é mais do que especial. Ela é uma das grandes amigas que fiz no voleibol. É uma jogadora que tenho como irmã. Vivemos momentos incríveis e inesquecíveis juntas. Passei um longo tempo da minha vida com ela dividindo alegrias, tristezas e dúvidas. É sempre muito bacana quando nos encontramos - disse Fabi, que ainda falou sobre a decisão de Sassá em passar a atuar como líbero.

- Ela sempre brincou que tinha a vontade de jogar como líbero e fico feliz de vê-la realizar esse desejo. Tenho certeza que ela vai se sair bem e terá muito sucesso como já vem demostrando na Superliga. Só espero ver ela devagar com o nosso time - brincou Fabi.


Pelo lado do Terracap/Brasília, a líbero Sassá fez questão de elogiar a companheira de posição e garante ter em Fabi um exemplo.

- Jogar contra a Fabi nesse momento para mim é um grande aprendizado, tenho observado bastante alguns jogos dela e da Camila Brait, para aproveitar ao máximo da experiência delas na posição. Admiro demais a Fabi. Ela é uma excepcional jogadora e um fantástico ser humano, além de ser uma amiga para toda hora. Sem contar que ela é minha maior referência nessa nova trajetória como líbero - afirmou Sassá, que ainda analisou o duelo desta terça-feira contra o Rexona-AdeS.

- Será um jogo importante para a equipe. Precisamos melhorar a nossa posição na tabela e acreditamos que podemos dar um grande passo já neste jogo. Sabemos das qualidades tanto individual quanto coletiva do Rexona-AdeS e quanto será difícil esse jogo. Temos que acreditar no potencial da nossa equipe, que vem crescendo ao longo das rodadas. Esperamos fazer um ótimo jogo, com alegria e determinação - explicou Sassá.

Na classificação geral, o Rexona-AdeS aparece na terceira posição, com 12 pontos, enquanto o Terracap/Brasília Vôlei está na oitava colocação, com sete pontos. O líder é o Vôlei Nestlé, com 14.