Brasil x Bulgária

A Seleção Brasileira já está classificada para a Fase Final da competição por ser o país-sede

LANCE!
16/06/2017
19:52
São Paulo (SP)

Após perder por 3 sets a 1, a Seleção Brasileira reencontrou a Bulgária pela Liga Mundial. Dessa vez, em solo argentino, vitória do time verde e amarelo por 3 sets a 0 (25/15, 25/19; 25/22). Neste sábado, ás 19h10, o Brasil encara os donos da casa e, no domingo, encerra a primeira fase contra a Sérvia.

Ao contrário do time comandado por Renan Dal Zotto, que colocou seus principais jogadores em quadra, o comandante búlgaro optou por escalar jogadores reservas, exigindo uma maior concentração da maior campeã da Liga Mundial que contou com o retorno de Wallace, o maior pontuador da partida, com 15 acertos (12 de ataque, dois de bloqueio e um de saque).

As novas caras, contudo, não pareceram surpreender o Brasil no primeiro set. A equipe iniciou a partida com o jogo muito envolvente e agressivo, chegando a abrir 9 a 0 no placar. A Bulgária teve muita dificuldade tanto na recepção do potente saque brasileiro quanto no ataque, que encontrava um bem postado bloqueio verde e amarelo. Na metade do primeiro set, o time búlgaro começou a encontrar o seu jogo, mas seguiu errando bastante no setor defensivo e não conseguiu esboçar uma reação, deixando a vitória com o Brasil, que não cometeu erros no set - contra oito dos búlgaros - e somou 12 pontos de ataque, três de bloqueio e dois aces.

Já o segundo set começou mais disputado, com o placar não ultrapassando a diferença de dois pontos. A Seleção Brasileira começou a apresentar dificuldade no passe, levando o ataque a perder qualidade, assim como em algumas recepções. Mesmo conseguindo se manter à frente no marcador, o Brasil não teve a mesma facilidade do set anterior, já que os búlgaros entraram na partida e conseguiram uma maior eficiência no ataque, mas conseguiu, novamente, a vitória.

O último set da partida também começou disputado, com o time búlgaro vibrando a cada ponto e o placar alternando entre as equipes. A Bulgária, que contou com seus titulares em quadra pela primeira vez na partida, conseguiu rodar mais a bola, dificultando a defesa brasileira, que começou a apresentar problemas no passe, apesar de manter o saque - principal arma no confronto - em alto nível. Com os principais jogadores de ambos os lados, o set seguiu muito próximo, com cada detalhe resultando em um ponto para o adversário. O placar foi decidido nos pontos finais, após um rally que culminou em ponto verde e amarelo, que abriu 23 a 21. A Bulgária ainda chegou aos 22, mas a Seleção não se abalou e fechou 3 sets a 0.

Após o jogo, o ponteiro Lucarelli comparou os dois duelos contra a Bulgária.

- Nós erramos muito menos do que no último jogo e esse era o nosso propósito inicial. A pressão no saque foi muito importante, o bloqueio conseguiu funcionar muito mais e isso facilitou em certos momentos da partida. Foram pontos que não foram bem no jogo passado e que conseguimos arrumar para hoje - disse Lucarelli, responsável por 10 pontos.

Venda de ingressos em postos físicos inicia nesta segunda-feira

Os torcedores do voleibol brasileiro que quiserem ver a Fase Final da Liga Mundial de perto, no Estádio Atlético Paranaense, em Curitiba (PR), de quatro a oito de julho, já podem adquirir, a partir desta segunda-feira, os ingressos nos pontos físicos espalhados pela capital do Paraná. A venda terá início às 10h, nas bilheterias do estádio onde acontecerão os jogos.

Outros pontos de venda serão a loja Disk Ingressos Shopping Palladium, Quiosque Shopping Mueller, Quiosque Shopping Estação e Quiosque Shopping Crystal. A venda online já estava aberta e acontece através do site do Atlético Paranaense (https://www.ingressoscap.com.br/).

A Seleção Brasileira terá outros cinco adversários na busca pelo título, já que as seis melhores equipes se classificam para a Fase Final. O Brasil, por ser o país sede, já entra no campeonato com a classificação garantida.