Sochi-2014

COI iniciou investigação em busca de casos de doping em Sochi-2014 #(Foto: Alexander Nemenov/AFP)

LANCE!
30/12/2016
18:11
São Paulo

A Federação Internacional de Bobsled e Skeleton (IBSF) suspendeu nesta sexta-feira quatro atletas russos do skeleton. A decisão foi tomada após o Comitê Olímpico Internacional (COI) iniciar investigações sobre possíveis casos de doping durante Sochi-2014. Segundo o site russo R-Sport, os suspensos são: Elena Nikitina (levou o bronze), Olga Potylitsina, Maria Orlova e Aleksandr Tretyakov (medalhista de ouro).

O relatório independente da Agência Mundial Antidoping (Wada) alega que mais de mil russos se beneficiam de doping entre 2011 e 2015. Na última edição dos Jogos de Inverno, o documento aponta que quatro dos seis russos participantes usaram substâncias dopantes, Nikitina, Potylitsina, Orlova e Sergei Chudinov (não foi suspenso). Não há, até o momento, confirmação oficial sobre qualquer conduta ilegal dos atletas.

- São tempos difíceis para todos nós desde a publicação do relatório. A IBSF está completamente comprometida em garantir que todos os passos necessários sejam tomados para recuperar a integridade do esporte. A Federação Russa de Bobsled confirmou o apoio total para esclarecer o assunto relacionado às alegações –  afirmou o presidente da IBSF, Ivo Ferriani, em nota.

A Federação Internacional de Bobsled e Skeleton já havia anunciado que os Mundiais das modalidades, em março de 2017, não seriam mais disputados em Sochi (RUS). Königssee, na Alemanha, receberá os campeonatos.