Peyton Manning (Foto: Andy Lyons/ Getty/AFP)

Peyton Manning (Foto: Andy Lyons/ Getty/AFP)

Radar/LANCE!
08/11/2015
23:29
Nova York (EUA)

Por apenas três jardas, o veterano Peyton Manning, que disputa cabeça a cabeça com Tom Brady o título de melhor jogador da história da NFL, não tornou-se neste domingo o quarterback com o maior número de pontos. No jogo em que o seu time enfrentou o Indianápolis Colts, ele lançou para 281 jardas e precisava ter passado para 284 para chegar nos 71.838 do atual recordista, o aposentado Brett Fravre.

Além de precisar esperar mais uma semana, Manning saiu bem frustrado. Afinal, o seu time, que lidera a AFC Oeste, caiu por 27 a 24 e perdeu a invencibilidade, ostentando agora 7 vitórias e 1 derrota. E mais: perdeu a chance do recorde no estádio do Colts - franquia que defendeu por muitos anos e onde conquistou seu único superbowl.
O recorde quase veio num touchdown. Quando acertou o passe de uma jarda para Owen Daniels encaixar e empatar o jogo em 24 a 24 já no último quarto, Manning chegou a 71.835. Assim, teve de esperar a jogada seguinte, com o placar já em 27 a 24. Só que o seu passe foi interceptado por Darius Butler (foi o 11ª sofrido por Manning, o QB mais interceptado na temporada).

Com a derrota do Broncos, há apenas três times sem derrota na temporada: New England Patriots e Carolina Panthers, que venceram neste domingo, e o Cincinnati Bengals, que na quinta-feira bateu por 31 a 10 o Cleveland Browns.

O New England teve uma vitória tranquila sobre o Washington Redskins por 27 a 10. Tom Brady, que voltou a levar o New England Patriots ao triunfo, teve os seguintes números: 26 passes certos em 39, 299 jardas e 2 passes para TD, além de uma interceptação. Neste jogo, destaque para o running back LeGarrette Blount, que fez um TD e correu para 121 jardas, o que foi uma surpresa, já que o New England praticamente só joga através de lançamentos. O 8-0 dá confortável vantagem ao Patriots na liderança da AFC Leste, à frente do New York Jets, que tem 5 vitórias e 3 derrotas e bateu o Jacksonville Jaguars por 28 a 23. Também pela AFC, o Buffalo Bills se recuperou das duas últimas derrotas inesperadas e venceu em casa o seu arquirrival Miami Dolphins por 33 a 17. O jogo marcou a recuperação de seu principal recebedor, Sam Watkins, que estava lesionado e voltou marcando um TD e recebendo para 168 jardas, seu recorde pessoal. o Bills tem 4 vitórias e 4 derrotas e o Miami está com 3 vitórias e 5 derrotas. Outra marca importante foi que pela primeira vez o Bills teve um corredor e dois recebedores com mais de 100 jardas numa mesma partida. Isso porque os running backs Le Sean McCoy e Ka. Willians correram para 112 e 110 jardas, respectivamente.

O Carolina Panthers, por sua vez, quase levou virada histórica. Contra o Green Bay Packers, que havia perdido a invencibilidade na rodada passada, o time estava goleando por 37 a 14 no quarto quarto. Porém, o quarterback Aaron Rogers encaixou dois passes para TD em quatro minutos (um deles com conversão de dois pontos), jogou o placar para 37 a 29 e teve a última bola. Rogers levou o time até a red zone. Mas foi interceptado. Para o Panthers, liderança AFC Sul tranquila, com 8-0 contra 6-3 do Atlanta Falcons, que perdeu por 17 a 16 do San Francisco 49ers.  Já o Green Bay , agora com 6v2d, divide a ponta da NFC Norte com o Vikings, que bateu o New Orleans Saints na prorrogação por 21 a 18.
Demais jogos da rodada

New Orleans Saints 28 x 34 Tennessee Titans
Pittsburgh Steelers 38 x 35 Oakland Raiders
Nova York Giants 32 x 18 Tampa Bay Buccaneers