New England Patriots x Kansas City Chiefs

Tom Brady prepara um passe em profundidade para colocar o Patriots próximo da End Zone.  Seu time venceu o Kansas City e está em mais uma na final da AFC  (Foto: AFP)

RADAR/LANCE!
16/01/2016
23:01
Foxborough (EUA)


O New Englad Patriots é o primeiro finalista da AFC. Neste sábado, o atual campeão da NFL recebeu o Kansas City Chiefs, que entrou em campo com uma invencibilidade de 11 jogos,  e  fez 27 a 20.  Agora a equipe do quarterback Tom Brady aguarda o vencedor de Denver Broncos x Pittsburgh Steelers, que se enfrentam neste domingo, em Denver. Caso enfrente o Broncos, o Patriots jogará fora. Se o rival for o Steelers, a decisão será no Foxboro Stadium, a sua casa.

Tom Brady teve participação muito destacada.  Foram 28 passes acertados em 42 tentativas, com 302 jardas e 2 touchdowns, ambos achando o tight end Rob  Gronkowski. Além disso, Brady correu para um touchdown.  O quarterback do Kansas, Alex Smith - na sua melhor temporada - também teve bons números, 29 passes certos em 50 tentados, 246 jardas  e um touchdown.

New England Patriots x Kansas City Chiefs
Cairo Santos não cometeu erros. Mas  o seu Chiefs perdeu e está eliminado  (Foto: AFP)

O tight end Rob Gronkowski saiu como herói e não apenas pelos dois Tds e 83 jardas. Acontece que ele era dúvida, pois não treinava desde a quarta-feira e entrou em campo graças a uma infiltração no joelho para sair com a vitória e como o jogador que mais touchdowns fez na história da franquia em todos os tempos. 

Dois jogadores coadjuvantes merecem citação. O recebedor Keshawn Martin, que estava no Houston Texas e foi contratado no meio da temporada quando o Patriots estava com muitos atacantes machucados, teve uma recepção incrível de 42 jardas quando o jogo ainda estava em aberto ; e o running back Steve Jackson - que estava sem time e praticamente aposentado quando foi contratado em dezembro para que o time não ficasse sem corredores na pós-temporada e foi determinante na jogada que fez o New England abrir frente no placar.

No Kansas, o brasileiro Cairo Santos  apareceu com eficácia. Acertou seus dois extra points e os dois field goals que tentou.

Primeiro tempo de longas campanhas

O primeiro quarto mostrou um New England apenas no jogo de passes. Para se ter ideia, Tom Brady fez 16 lançamentos, acertando dez, e,  já que seus dois running backs titulares estavam machucados, buscou somente uma jogada em corrida (de apenas duas jardas de Stephen Jackson) quando restavam  30 segundos para o fim. Este quarto também teve como característica a longa campanha do Kansas, que gastou o tempo em seu único ataque: 8m30s.

Apesar de tudo, o quarto foi muito bom. Brady conseguiu trabalhar bem os passes, principalmente para o tight end Rob Gronkowski. Mesmo longe da melhor forma, o gigantão foi essencial logo no primeiro avanço do New England. Numa terceira jarda para 13, Gronkowski não só encaixou como correu até a linha de 12 jardas e deixou o time na cara do gol. Mais quatro jogadas e Brady passou para Gronk fazer o primeiro touchdown: 7 a 0.
A primeira jogada do Kansas também foi boa. O quarterback Alex Smith alternou passes e corridas, além dele mesmo buscar corridas. Com isso, após a longa campanha de quase nove minutos, chegou na linha de 34 jardas e foi para o field goal, bem cobrado por Cairo Santos, fazendo 7 a 3.

A partir daí o jogo ficou mais truncado, com os times não conseguindo bons avanços e devolvendo a bola ao adversário com punts em quatro oportunidades. Isso até o New England fazer uma campanha de 98 jardas até o touchdown. As grandes jogadas: Jackson recebeu um passe incrível de 42 jardas; depois, com três jogadas do corredor Steve Jackson, o time chegou na red zone; e aí Tom Brady fez duas corridas, sendo uma para dez jardas e outra de uma jarda para o gol, fazendo 14 a 3.

Mas a jogada seguinte do Kansas, dentro dos dois minutos finais, foi brilhante. Começou no retorno de Knile Davis até a linha de 34 jardas da defesa, passou pela corrida de 17 jardas de Charcandrick West e pela recepção de 26 jardas de Jason Avant. Mas que fiocou apenas um field goal de Cairo Santos.

Patriots faz o tempo passar 

Começou o segundo tempo com os times mostrando serviço. Tom Brady mais uma vez achou Gronk para novo TD para o Patriots e o Cheifs respondeu com o seu primeiro touchdown, mas não conseguia encostar no placar.  Embora conseguisse mais um TD quando restava pouco mais de um minuto para o fim com Charcandrick West,  colocando o placar em 27 a 20, o Kansas não conseguiu se sair bem no onside kick (quando o time, ao devolver a bola, dá um chute curto na tentativa de recuperá-la). Fim de linha para o time do único brasileiro da NFL, mas que saiu de cabeça erguida após uma excelente campanha.