Superliga Feminina

(Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Daniel Bortoletto e Igor Siqueira 
11/02/2017
08:36
Rio de Janeiro (RJ)

O Ministério do Esporte está tendo conversas para anunciar os próximos eventos nas arenas do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, que estão sob responsabilidade do governo. E as finais da Superliga estão na mira.

O ministro Leonardo Picciani já está tratando do assunto com a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) e espera que tanto as finais femininas quanto masculinas aconteçam na Arena Carioca 1.

A CBV não tem a cidade olímpica como única opção para sediar o desfecho dos torneios da atual temporada. Cidades como Belo Horizonte, Brasília, Belém e Fortaleza também estão no radar.

Ministério do Esporte e CBV já conseguiram levar para o Centro Olímpico de Tênis, outra arena do Parque controlada pela esfera federal, o evento amistoso Gigantes da Praia, o que abriu o leque de possibilidade para que a etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia aconteça no mesmo local.

Mas os olhos não estão voltados apenas para o vôlei.

– Estamos aguardando a definição do local da Copa América de Futsal, se será no Brasil ou na Venezuela – informou Picciani, querendo marcar para o Rio mais um evento.

O Ministério do Esporte se aproximou ainda mais do Parque Olímpico porque transferiu o escritório da cobertura de um shopping em Botafogo, na Zona Sul do Rio, para as instalações do Velódromo. O local, por sinal, deve receber em maio o Campeonato Estadual de Ciclismo.