Luiza Sá
25/11/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

O basquete está em processo de crescimento no Brasil. O que confirma isto são os números da Liga Nacional de Basquete (LNB) sobre a audiência nas primeiras partidas do Novo Basquete Brasil (NBB). De acordo com informações obtidas pelo L!, a média de usuários que acompanharam as transmissões dos quatro primeiros jogos no Facebook já dobrou em comparação com o último ano.

Desde 2014, a Liga transmite partidas pela internet, e os números crescem a cada temporada. Só no Jogo 5 da decisão da última Liga Ouro, entre Vasco e Campo Mourão, em junho, foram mais de 88 mil pessoas assistindo. Neste ano, ao todo, serão 40 jogos do torneio transmitidos com exclusividade pela página oficial do NBB no Facebook e também no site da LNB.

Os números até agora são animadores. A média nesta temporada é de 31,1 mil usuários únicos em quatro partidas transmitidas. Há dois anos, o recorde havia sido de 29,9 mil. Se compararmos com a última edição, também nos quatro primeiros jogos, a audiência, que era de 14 mil de média, dobrou.

Além do serviço na internet, o NBB também conta com transmissões da Band e do SporTV. O canal aberto já registrou números positivos. Só na estreia da competição, na partida entre Bauru e Flamengo, a audiência chegou a bater 1.8 de pico, ficando com média de 1.0, marca que foi mantida nos dois outros jogos televisionados pela emissora: Brasília x Vasco e Vasco x Mogi das Cruzes.

No canal por assinatura, a média se mantém. A boa notícia é que, já no NBB 8, ela havia aumentado em 86%, segundo o Ibope Repucom.

Os dados mostram que, mesmo com a crise vivida pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB) atualmente, que resultou na suspensão das Seleções e clubes do país de torneios pela Federação Internacional (Fiba), a Liga segue consistente.

A LNB foi lançada em dezembro de 2008, reunindo as principais lideranças do basquete brasileiro, com a chancela da CBB. Com isso, a confederação passou a cuidar apenas das Seleções principais e de base. O NBB começou em 2009 e está em sua nona edição. Flamengo, atual tricampeão, e Brasília foram as únicas equipes campeãs até hoje.