Marley Linhares

Marley Linhares será porta-bandeira do Brasil nos Jogos da Noruega (Foto: Rafael Bello/Acervo COB)

LANCE!
10/02/2016
19:05
Lillehammer (NOR)

O brasileiro Marley Linhares, de 16 anos, será o porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude Lillehammer, na Noruega. Ele desfilará à frente da delegação brasileira composta por mais nove jovens atletas na próxima sexta-feira, na arena de esqui saltos de Lillehammer.

O mineiro disputará a competição de monobob, categoria do bobsled na qual os atletas conduzem sozinhos o trenó que chega a alcançar 130 km/h em uma pista de gelo.

– Apesar da juventude, o Marley impressiona pela seriedade com que está se dedicando ao esporte. Em uma modalidade onde se necessita de frieza, Marley mostra muita concentração e foco em seus objetivos. A delegação brasileira será muito bem representada na abertura dos Jogos – disse Gustavo Harada, chefe da missão brasileira em Lillehammer.

Natural de Viçosa (MG), radicado no Rio de Janeiro há dois anos e oriundo do levantamento de peso, Marley foi descoberto pela Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) em uma seletiva realizada no início do ano passado.

Em um ano de treinamentos e intercâmbios, o atleta alcançou resultados que o colocam em quinto lugar no ranking mundial de sua categoria. Marley conquistou medalhas de bronze em duas etapas classificatórias para Lillehammer 2016.

– Fiquei surpreso, não esperava mesmo. Estou muito feliz em poder levar a bandeira do meu país. Tudo o que eu quero é poder representar bem o Brasil em tudo o que eu fizer – disse Marley, que antes da seletiva da CBDG não imaginava que se tornaria um atleta da modalidade.

– Ser o porta-bandeira vai me trazer mais motivação para eu fazer o meu melhor aqui em Lillehammer e depois tentar uma classificação para os Jogos para adultos em 2018.

Essa é a primeira vez que o monobob será disputado em uma edição de Jogos Olímpicos, de jovens ou adultos. Antes da competição, os atletas irão passar por seis descidas obrigatórias, durante três dias, na pista de Lillehhamer. O atleta tem que completar ao menos duas descidas para se qualificar para a competição olímpica, no dia 20 de fevereiro.

Além da Cerimônia de Abertura, na sexta-feira começam as disputas do torneio de equipes mistas de curling, com a participação brasileira.